Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela PROTESTE INVESTE. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.
ver mais sobre cookies
ok, continuar
Universo DECO:

Armadilhas e fraudes financeiras

Como calcular os juros29/01/2014

Os bancos anunciam as taxas de juro para os depósitos a prazo em termos brutos (antes de impostos) e numa perspetiva anual, ou seja, trata-se de taxas anuais nominais brutas (TANB).

Se quer saber quanto vai receber, tem de multiplicar o montante investido pela taxa de juro e ajustar pelo prazo de acordo com a seguinte fórmula:

(montante x TANB) x (prazo em meses ÷ 12) = juros

Por exemplo, se depositar 5000 euros, à taxa de 5% por um prazo de seis meses, obterá o seguinte rendimento:

(5000 x 5%) x (6 ÷ 12) = 125 euros brutos

Se quer saber quanto vai de facto receber, sem impostos (21,5% de retenção na fonte de IRS), substitua a TANB pela taxa anual nominal líquida (TANL).

(montante x TANL) x (prazo em meses ÷ 12) = juros

Se precisa de calcular a TANL, utilize esta fórmula:

TANL = TANB x (100 - 21,5)

Seguindo o exemplo anterior, o resultado seria:

(5000 x (5% x 0,785)) x (6 ÷ 12) = 98,125 euros líquidos

Antes de subscrever, compare os depósitos de todos os bancos.


Voltar

Conteúdo reservado para subscritores X

Vantagens exclusivas

  • Conselhos isentos
  • Avaliação de produtos financeiros
  • Carteiras de ações e de fundos

"Sigo os conselhos da Proteste Investe e, este ano, estou a ter uma rentabilidade de 5% na minha carteira de investimento."