Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos. A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela DECO PROTESTE. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização. Ao utilizar o nosso website você aceita desta Política e consentimento para o uso de cookies. Você pode alterar as configurações ou obter mais informações em aqui.

Jovens consumidores minhotos insatisfeitos com ginásios

09 mar 2018

A DECO Minho tem recebido reclamações de jovens consumidores da região sobre os contratos celebrados com ginásios, que, cada vez mais, exigem a aceitação de períodos de fidelização.

Ao aceitar a chamada fidelização, o consumidor compromete-se a manter-se vinculado por um período de 12 meses ao ginásio, ficando obrigado a indemnizar o estabelecimento se deixar de o frequentar antes de terminar esse prazo.

 

O problema coloca-se quando, por motivo de força maior, o consumidor não pode frequentar o ginásio, como situações de doença temporária, desemprego ou gravidez de risco. Embora, por regra, os ginásios estabeleçam a possibilidade de se suspender o contrato enquanto durar essa indisponibilidade, o consumidor sente que fica eternamente vinculado ao contrato, pois são colocados entraves à desvinculação definitiva. Por outro lado, durante essa suspensão, alguns consumidores veem-se obrigados a pagar metade da mensalidade, sem poder usufruir do serviço prestado.

 

A DECO Minho defende a necessidade de legislação específica sobre esta matéria, por forma a garantir a salvaguarda dos interesses e direitos dos consumidores! As fidelizações em ginásios só devem ser válidas se forem oferecidas vantagens ao utilizador, vantagens estas que devem estar especificamente identificadas no contrato, como por exemplo um desconto na mensalidade, frequência gratuita em determinadas aulas ou oferta de mensalidades no início do contrato.

 

Deverá ainda ser possível celebrar contratos sem fidelização: os ginásios só podem cobrar a fidelização se, no momento da contratação, disponibilizarem contratos com período mínimo de permanência!

 

Com o intuito de apoiar os consumidores, na sua maioria jovens, a DECO Minho pretende reunir com os ginásios da região para que, em conjunto, se revejam os contratos em vigor e se alterem ou eliminem cláusulas abusivas.

 

Alertamos todos os consumidores para a necessidade de ler atentamente todas as condições propostas no contrato, incluindo as letras mais pequenas. Se ficar com dúvidas sobre alguma cláusula, questione o funcionário. Assine o contrato apenas quando não restar nenhuma dúvida sobre o mesmo!

 

A DECO Minho está situada na Avenida Batalhão Caçadores 9, em Viana do Castelo e estende os seus serviços de informação e apoio ao consumidor através dos protocolos estabelecidos com:

  • Município de Fafe, 1ª segunda-feira de cada mês, no Espaço do Cidadão;
  • Junta de Freguesia de Palme, 1ª terça-feira de cada mês, na sua sede;
  • Junta de Freguesia de Alvarães, 2ª segunda-feira de cada mês, na sua sede;
  • Junta de Freguesia de Fragoso, 3ª terça-feira de cada mês, na sua sede;
  • União de Freguesias de Viana do Castelo, 3ª quarta-feira de cada mês, na sede da Junta de Freguesia de Santa Maria Maior.

 

Estamos perto de si!