Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos. A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela DECO PROTESTE. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização. Ao utilizar o nosso website você aceita desta Política e consentimento para o uso de cookies. Você pode alterar as configurações ou obter mais informações em aqui.

Mobilidade

Mobility

Carro particular mantém liderança nas cidades portuguesas

A DECO PROTESTE tornou públicos os resultados de um inquérito realizado sobre a mobilidade urbana em seis das principais cidades portuguesas: Aveiro, Braga, Coimbra, Lisboa, Porto e Setúbal. A principal conclusão revelada pelo inquérito é de que o automóvel se mantém como o meio de transporte privilegiado, evitando-se, assim, uma rede de transportes considerada ineficaz, lenta e com muitas falhas.

Barreiras arquitetónicas

O longo caminho dos serviços públicos

Parquímetros: exploração e fiscalização

PARECER: o problema do exercício da atividade fiscalizadora

Cadeiras de criança

Cadeira auto em segurança: testes revelam o sentido correto

Publicações sobre Mobilidade

Caso Volkswagen - Os consumidores europeus precisam de soluções

24 nov 2015

Volkswagen - European Consumers need solutions


Cerca de 3 meses depois do conhecimento público da manipulação das emissões poluentes praticadas por alguns fabricantes de automóveis, os consumidores afetados continuam sem uma solução justa e equitativa. 

Almost 3 months after the public notice about the manipulation of pollutant emissions practiced by some car brands, affected consumers continue without a fair and equitable solution.


UBER a Concorrência e a legalização do consumo colaborativo

23 out 2015

UBER competition and the legalization of sharing economy

-

A DECO continua a entender que mais concorrência é benéfica para os consumidores, mas esta atividade, como qualquer outra no setor do consumo colaborativo, deve ser alvo de regulamentação e conveniente fiscalização, algo que, até ao momento, ainda não sucede. Assim, entendemos que a atividade da Uber em Portugal, não podendo ser qualificada de ilegal em função da legislação aplicável, carece de efetiva regulamentação regulamentada.

-

DECO continues to understand that more competition is good for consumers, but this activity, like any other in the sharing economy sector, should be subject to regulatory and convenient oversight, something that, to date, still not the case. We understand that Uber activity in Portugal, can not be classified as illegal on the basis of applicable law, lacks effective regulation regulated.

A carregar

DECO e Carris celebram protocolo de prevenção do endividamento

26 jul 2011

A DECO e a CARRIS assinaram a 15 de julho um protocolo de colaboração no complexo de Miraflores da Carris.

Os seus direitos de passageiro sempre à mão

16 dez 2010

Aproxima-se a época natalícia e milhares de consumidores aproveitam para desfrutar de férias e viajar. Todos os anos ocorrem conflitos devido a voos cancelados ou congestionados, comboios lotados ou atrasados e perda de bagagem. Conheça os seus direitos enquanto passageiro de transporte aéreo e ferroviário.

Transportes públicos avaliados por 1800 passageiros

29 set 2010

Atrasos, estado dos veículos e paragens são pontos a melhorar, revela o estudo da revista PROTESTE. Autocarros são alvo de críticas por não cumprirem horários.

Passagens para peões: 35 analisadas, 26 chumbadas

16 set 2010

Das 35 passagens para peões inspeccionadas pela PROTESTE, em Braga, Porto, Lisboa, Setúbal, Faro e Portimão, só 9 obtiveram uma apreciação positiva.

Mais de 10 mil passageiros avaliam viagens aéreas

21 abr 2010

Os direitos dos passageiros são, com frequência, ignorados, alerta a PROTESTE numa análise à satisfação com 150 aeroportos e 84 companhias.

DECO processa transportadoras aéreas

15 mai 2009

A DECO, Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor, apresentou em tribunal uma acção contra duas companhias aéreas, TAP e easyJet, pedindo que sejam condenadas a eliminar cláusulas abusivas das condições gerais dos seus contratos. É uma iniciativa feita em conjunto com as suas congéneres belga, Test-Achats, e francesa, Que Choisir.

Viajante prevenido exige recibo completo

26 fev 2009

Entre 600 viagens de táxi no País, cometeram-se irregularidades que aumentaram o preço em 120 e não se recebeu recibo em 22. É o principal alerta da PROTESTE, na edição de Março.

Pontos negros: cidadãos apontam perigos

19 mar 2008

De 1146 defeitos nas vias públicas, denunciados em 2 anos, 763 já foram resolvidos ou estão em vias disso. Um quarto das queixas continua sem resposta.