Notícias

Embalagens grandes não significam poupança

Dos 154 supermercados visitados, 120 tinham embalagens maiores que ficavam mais caras. Há mesmo casos de publicidade enganosa.

  • Dossiê técnico
  • Susana Pereira
  • Texto
  • Isabel Vasconcelos
19 dezembro 2019
  • Dossiê técnico
  • Susana Pereira
  • Texto
  • Isabel Vasconcelos
Thumb_embalagens_2019

Pesquisámos o custo das embalagens pequenas e grandes de 17 cadeias de supermercados: Aldi, Auchan, Continente, Coviran, El Corte Inglés, E.Leclerc, Froiz, Intermarché, Lidl, Mercadona, Meu Super, Minipreço, Pingo Doce, Solmar, Spar, SuperCor e Super Poupadinha.

Encontrámos embalagens de maiores dimensões mais caras do que as menores em 120 lojas, embora umas com mais casos do que outras. Nas Auchan, Continente e E.Leclerc, detetámos exemplos em todas. Intermarché, Minipreço e Pingo Doce também incluem vários produtos cuja embalagem maior fica mais cara. Nas Lidl e Mercadona, detetámos poucas situações. Já nas lojas Aldi, El Corte Inglés, Spar e Super Poupadinha não descobrimos qualquer caso.

Maiores no tamanho e no preço

Os resultados revelam que as marcas ou os supermercados, ao perceberem o interesse dos consumidores pelas embalagens de maior capacidade, as vendem por um preço superior, algo que não faz muito sentido, pois a quantidade de embalagem gasta até é menor: o recipiente maior nem sempre tem o dobro do mais pequeno. Mais: sempre que é referida a palavra “poupança” estamos perante publicidade enganosa. Foi o caso dos pensos Evax (do E. Leclerc), do fiambre Nobre (da Auchan) e das fraldas Continente, como pode verificar na fotogaleria em baixo. Denunciámos estes exemplos à ASAE e à Direção-Geral do Consumidor.

Preço por unidade visível é obrigatório

Para comparar os preços, é fundamental olhar para o preço por unidade de medida, que pode ser o quilo, o litro ou a unidade. Para facilitar esta comparação e o consumidor não ter de fazer as contas, desde 1990 que os estabelecimentos são obrigados a apresentar o preço por unidade de medida junto a cada produto. Segundo a lei, este deve ser “visível e perfeitamente legível”, para que o consumidor esteja bem informado. Mas basta olhar para as etiquetas dos produtos nas lojas para concluir que a informação em causa até pode estar visível, mas, com frequência, é difícil de ler, quer por ser escrita com dígitos muito pequenos, quer por estar tapada ou a etiqueta apresentar danos.

Se o objetivo do preço por unidade de medida é ajudar o consumidor a comparar o custo dos produtos, este deveria ser apresentado de forma mais clara e com dígitos maiores, para facilitar a leitura a todas as pessoas. Só assim se consegue analisar com facilidade o custo dos produtos, e evitar pagar mais por uma embalagem maior, quando a mais pequena até pode ficar mais barata.

Embora raramente, ainda encontrámos produtos sem indicação do preço por unidade de medida, o que também prejudica a comparação. Esperamos que os responsáveis dos supermercados tenham consciência da importância desta informação e procedam às devidas alterações nas etiquetas dos produtos. Tornar os dígitos maiores e mais visíveis não irá encarecer a etiqueta e será útil para quem vai às compras.

Se ainda não tem conta no site, clique no botão abaixo para se registar e conhecer todas as vantagens.

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

Num Mundo complexo e com informação por vezes contraditória, a DECO PROTESTE é o sítio certo para refletir e agir.

  • A nossa missão exige independência face aos poderes políticos e económicos. 
  • Testamos e analisamos uma grande variedade de produtos para garantir que a escolha dos consumidores se baseia em informação rigorosa. 
  • Tornamos o dia-a-dia dos consumidores mais fácil e seguro. Desde uma simples viagem de elevador ou um desconto que usamos todos os dias até decisões tão importantes como a compra de casa.
  • Lutamos por práticas de mercado mais justas. Muitas vezes, o País muda com o trabalho que fazemos junto das autoridades e das empresas. 
  • Queremos consumidores mais informados, participativos e exigentes, através da informação que publicamos ou de um contacto personalizado com o nosso serviço de apoio.

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Faça parte desta comunidade. Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva em qualquer momento.

 

Junte-se a nós


 

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.