Dicas

Acabe com as sobras e os desperdícios alimentares

13 novembro 2017
desperdício alimentares

13 novembro 2017

Tenha atenção à validade, para não estragar comida. Com as nossas dicas pode reduzir o desperdício alimentar.

Início

O frigorífico e a despensa exigem uma gestão eficiente. Os alimentos com prazo de validade mais perto do final devem estar à frente, para serem consumidos em primeiro lugar. O mesmo acontece com as sobras. Após abertos, os produtos não têm o mesmo prazo de validade indicado no rótulo, dado estarem mais expostos ao ar e se tornarem mais vulneráveis. 

Ao chegar a casa, guarde os produtos corretamente. Se restar comida de refeições anteriorescoloque no frigorífico, na zona mais fria. As sobras aguentam alguns dias se estiverem bem cozinhadas e guardadas, no máximo, a 4º C. Se acha que não vai comer os alimentos nos próximos 1 a 3 dias, congele-os. Alguns frutos, como a banana ou a maçã, aceleram o amadurecimento dos restantes. Guarde-os numa fruteira separada.

Os produtos refrigerados exigem temperaturas diferentes. A carne e o peixe crus, por exemplo, exigem mais frio do que a fruta e os vegetais. Siga as instruções do manual do frigorífico. Se já não as tiver, tome nota:

  • porta, em geral, é o local mais adequado para os ovos, a manteiga, a margarina, o leite, a água e os sumos;
  • prateleira de cima é ideal para iogurtes, queijo, compotas e maionese;
  • perto da serpentina de arrefecimento, arrume a carne picada ou de aves crua, o fiambre, o peixe, os cozinhados, as conservas abertas e os bolos com creme;
  • a gaveta é o melhor sítio para guardar fruta e legumes.

Verificar as datas

Distinga entre data-limite de consumo ("consumir até...") e durabilidade mínima ("consumir de preferência antes de..."). 

data-limite ("consumir até...") indica até quando o produto pode ser consumido em segurança. Aplica-se aos alimentos muito perecíveis, cuja comercialização fora de prazo está proibida. É o caso do peixe, carne de aves, iogurte fresco ou iogurtes. Se comer estes alimentos depois da data indicada, corre o risco de toxi-infeção. Ao abrir a embalagem, respeite as instruções de conservação. Se congelar logo após a compra, prolonga a validade.

durabilidade mínima ("consumir de preferência antes de...") refere-se à data máxima de garantia de qualidade e aplica-se à maioria dos produtos de mercearia e congelados. A embalagem deve estar intacta e há que respeitar as instruções de conservação. Se a data for ultrapassada, os alimentos podem ser consumidos com relativa segurança, mas é possível que sofram alterações no sabor, na textura, na cor e no cheiro. Por exemplo, nas gorduras, como o azeite, óleo e manteiga, o cheiro e sabor a ranço indiciam perda de qualidade. O mesmo acontece quando as bolachas acabadas de abrir estão moles ou o chocolate fica esbranquiçado. No caso do leite, pode fazer o teste da fervura: se coagular, deite fora.

Reaproveitar as refeições

Prepare as refeições em casa. Poupa dinheiro e, ao mesmo tempo, consegue alternativas mais saudáveis. Aproveite ainda para levar refeições preparadas de casa para o trabalho.

Reaproveite as sobras para fazer outras refeições. Por exemplo, se sobrar carne pode fazer empadão. Do pão pode fazer torradas ou tostas. Assados no forno ganham vida e cor ao juntar fruta. Neste caso, opte por fruta mais madura. Batidos e sumos são também uma boa opção para consumir a fruta madura.


Imprimir Enviar por e-mail