Notícias

Plataforma DECO Causa Efeito dá voz à sua causa

Os consumidores podem expor as suas causas e angariar o apoio de outras pessoas. A causa mais votada será defendida pela DECO PROTESTE.

20 março 2018
DECO Causa Efeito

A plataforma DECO Causa Efeito convida os portugueses a exporem as causas que os preocupam e a conquistarem o voto de quem se identifica com o tema. Sob o mote “Todos temos uma causa, junto causamos mais efeito”, a plataforma está aberta à exposição de situações do dia-a-dia que nos deixam desconfortáveis. Mais do que reclamações, o objetivo é lutar pelo bem comum.

Ir para a plataforma DECO Causa Efeito

Transportes públicos, limpeza das praias, internamentos de urgência, garantias dos produtos e largura mínima dos passeios são algumas das causas que poderão ser colocadas na plataforma. Há espaço para outros temas, em diversas áreas: bens de consumo, comunicações, transportes, serviços financeiros, água e energia, educação, saúde, serviços do Estado, via pública e direitos.

Com esta iniciativa, a DECO PROTESTE quer perceber, de forma construtiva, quais os temas e problemas que preocupam os cidadãos. Todas as causas submetidas pelos consumidores serão analisadas. A mais votada será defendida pela DECO PROTESTE durante o próximo ano. As causas que não tenham obtido a maior votação podem vir a ser integradas no trabalho que a DECO PROTESTE desenvolve para os consumidores.

Como funciona

Até 13 de maio, qualquer pessoa pode criar a sua causa em www.decocausaefeito.pt. Basta identificar um tema ou problema do País, escolher a categoria em que se enquadra, explicar os detalhes e adicionar uma imagem que ajude a apresentar a situação.

Para conquistar votos, poderá partilhar a causa no Facebook e no Twitter. Também é possível copiar o link da causa e enviar por e-mail para familiares, amigos e conhecidos. Os destinatários acederão diretamente à causa para votar.

Caso não queira criar causas, pode fazer a diferença ao conhecer os temas promovidos pelos cidadãos e votar nos que mais se identifica. Não pode atribuir mais do que um voto na mesma causa, mas pode votar em causas diferentes. A votação encerra a 13 de maio.

 


Imprimir Enviar por e-mail