Notícias

Material escolar: supermercados destacam-se entre os mais baratos

13 setembro 2013 Arquivado
Preço dos materiais escolares

13 setembro 2013 Arquivado

O Jumbo e, logo a seguir, o Continente são os supermercados mais em conta para quem é fiel às marcas ou privilegia o preço mais baixo. As lojas online também permitem bons negócios.

Com o início das aulas, as listas de pedidos de material escolar estão a chegar a casa. Facilitamos a tarefa de pesquisar os preços nas várias campanhas de regresso às aulas, após visitarmos, entre 2 e 6 de setembro, 66 hiper ou supermercados, papelarias e lojas específicas de comércio tradicional em Aveiro, Braga, Coimbra, Faro, Lisboa, Porto e Setúbal, bem como lojas online.

Transformámos os preços em índices, que retratam o nível de preços do estabelecimento. O Jumbo obtém o índice 100 e destaca-se como a loja mais barata, quer prefira produtos com marca para o seu carrinho (cabaz 1), quer procure os mais baratos (cabaz 2).

Jumbo lidera
Supermercados Índice de preços
Cabaz 1 Cabaz 2
Jumbo 100 100
Continente 101 101
Pingo Doce 101 109
Continente Modelo 103 105
Intermarché 106 124
Staples 112 103
El Corte Inglés 133 168

Os restantes índices são calculados em função do índice 100. Assim, o Continente belisca o pódio, pois é apenas 1% mais caro do que o Jumbo. Além disso, os consumidores com cartão cliente do Continente podem acumular no cartão o valor gasto com o material escolar, o que se reflete em 1% de desconto, posicionando o Continente ao mesmo nível do Jumbo.

O Pingo Doce tem menos oferta, mas é também um concorrente destemido para o cabaz 1, com marcas. Se a ordem lá em casa é poupar ao máximo e sacrificar gostos pelos produtos mais baratos, a Staples afirma-se como a terceira melhor escolha para o cabaz 2. Sem surpresas, o El Corte Inglés é, em qualquer das seleções de material, a opção mais cara.

O cabaz 1, com 33 produtos de marca, representa, em média, € 120 de rombo no seu orçamento. Se o comprar no Jumbo, Continente ou Pingo Doce, essa despesa custa menos 11 euros. Sem marcas, o custo dos 47 materiais para a escola no cabaz 2 ronda, em média, os € 100, mas reduz a fatura em cerca de € 14, se optar pelo Jumbo ou Continente. 

Na Net, encomenda maior compensa custos de envio
A nossa pesquisa em 28 papelarias e lojas específicas confirma que o comércio tradicional, com preços mais elevados do que as grandes superfícies e a Internet, não tem muita margem para conquistar clientes pressionados pelo orçamento. Já as lojas online revelam-se sérias concorrentes dos hiper e supermercados, quando a escolha se baseia apenas no preço.

O nosso estudo incidiu sobre 7 lojas na Net, onde incluímos as versões online dos hiper e supermercados da nossa amostra e as lojas mais pesquisadas no Google. Se compararmos a loja física e a online das cadeias visitadas no terreno, verificamos que poupa se se deslocar à loja em quase todos os estabelecimentos e para os dois cabazes, embora a diferença de preços se situe entre 1% e 7 por cento. A exceção é a Staples que, para o cabaz 2, permite economizar 7%, em média, se comprar online.

Bons negócios nas lojas online
Tipo de estabelecimento Índice de preços
Cabaz 1 Cabaz 2
Hiper ou supermercados 100 107
Lojas na internet 102 100
Papelarias e lojas específicas (comércio tradicional) 112 125

Na Net, quanto maior a quantidade de produtos, menor o valor do custo de transporte. No geral, varia entre 4,50 e 6 euros. Nalguns casos, é mesmo gratuito, quando a despesa total da encomenda excede os € 50 com IVA.

O nosso estudo: 80 produtos, 66 lojas e 5280 preços
Para a pesquisa de preços, incluímos na lista de compras, entre outros, lápis, caneta, borracha, lapiseira, caderno, régua, tesoura, agrafador, pasta de arquivo, furadora, lápis de cor, canetas de feltro, compasso, micas, fita-cola, tubos de cola, corretores de escrita, marcadores, papel e mochilas. Não incluímos manuais escolares, pois estão abrangidos por um regime legal de preço fixo com descontos máximos definidos.

Criámos dois cabazes: um com 33 produtos de marcas específicas (cabaz 1), para quem dá prioridade à marca. O cabaz 2 inclui 47 produtos sem marca, para quem escolhe pelo preço mais baixo.

Considerámos os produtos de acordo com a previsibilidade do seu consumo durante o ano letivo. Por exemplo, incluímos 8 cadernos pautados e 4 borrachas, mas apenas uma embalagem de lápis de cor, um compasso, uma tesoura e uma mochila.


Imprimir Enviar por e-mail