Notícias

Dia Nacional da Sustentabilidade aprovado

A nossa proposta de instituir o Dia Nacional da Sustentabilidade foi aprovada no Parlamento. Aguardamos, agora, por legislação para passar a celebrá-lo a 25 de setembro.

04 fevereiro 2021
Copa das árvores juntas formando um coração

iStock

O Parlamento aprovou a recomendação de um Dia Nacional da Sustentabilidade. A nossa proposta já foi, assim, publicada em Diário da República, faltando apenas legislação para definir a sua implementação. Em abril de 2020, apresentámos a proposta na Assembleia da República. Sugerimos o dia 25 de setembro porque foi nesta data, em 2015, que a Organização das Nações Unidas (ONU) revelou os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável  que devem ser adotados por todos os países do mundo até 2030. Na sequência destas metas, o nosso alvo é um consumidor sustentável, que modele os seus comportamentos de consumo com responsabilidade e consiga, assim, levar a oferta (a indústria e as empresas) a mudar a sua atitude no mesmo sentido. O reconhecimento, pelos deputados, da simbologia desta data dá, assim, uma força suplementar à nossa ação nesse sentido de mudança.    

Faça parte da mudança

Conheça o Portal Mais Sustentabilidade

Se ainda não a conhece, fixe esta morada virtual: www.maissustentabilidade.pt. É aqui que vai encontrar informação e conselhos práticos sobre como se tornar um consumidor mais sustentável. Em defesa do ambiente, daremos notícias em áreas que se identificam com o dia-a-dia dos consumidores, como a água, a gestão de resíduos domésticos, a mobilidade e a alimentação. Mas também encontra ferramentas para avaliar o seu desempenho enquanto consumidor sustentável: uma calculadora ambiental dá uma ideia da sua pegada ecológica e de como deve mudar o seu consumo. 

No portal poderá ainda aderir a outras ações, como a campanha para uma tarifa de resíduos justa, Lixo não é Água. Ou ouvir o nosso podcast Falar em Sustentabilidade, com convidados de diversas áreas, das empresas de venda a retalho aos media, que partilham connosco inquietações e soluções para o problema da sustentabilidade. E ainda ver vídeos sobre questões práticas e que podem ser aplicadas em casa. Terá ainda espaço para deixar a sua opinião e sugestões. Conheça o portal e junte-se à nossa campanha. O planeta agradece. 

Para isso, conte connosco. Vamos dar-lhe toda a informação necessária para que se torne um consumidor modelo de sustentabilidade. Ao inscrever-se na nossa ação, irá receber no seu e-mail dicas, dossiês e notícias sobre consumo sustentável. E pode ainda deixar as suas dúvidas e partilhar experiências tendo em vista um planeta aprovado pelo futuro.

Uma campanha urgente

A pandemia que vivemos é uma antevisão dos desafios que o futuro nos reserva. A crise climática é tão grave e premente quanto a crise sanitária que atualmente nos condiciona, embora muitos não estejam cientes disso. Para controlar e reverter este cenário são necessárias alterações profundas aos comportamentos e hábitos de todos. Algumas dessas alterações já se verificaram no quadro desta crise de saúde pública: por segurança, recorremos mais ao comércio online e a produtos de primeira necessidade que compramos a produtores locais. Por outro lado, reduzimos o consumo de bens não essenciais e limitámos a procura por produtos que representam uma grande pegada ecológica. 

E se mantivéssemos esses hábitos? É também o que pretendemos com esta ação. Que lições tiramos da recuperação da crise sanitária para podermos lidar melhor com a crise ambiental? Como podemos refazer a economia e o ordenamento do território, em direções mais sustentáveis? É esta a nossa ambição: transformar o País, seguindo o rumo da sustentabilidade, ligando a economia ao ambiente.

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.