Notícias

Conferência internacional vai debater os direitos dos consumidores face aos desafios ambientais

Emissões poluentes e responsabilidade pública, alimentação segura,  saúde ambiental e fenómenos climáticos extremos e seguros serão alguns dos temas a debater no dia 12 de outubro, no Porto. As inscrições terminam a 8 de outubro.

21 setembro 2018
justica ambiental

A DECO - Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor e a BEUC - Organização Europeia dos Consumidores estão a organizar uma conferência internacional em justiça ambiental com o tema "Consumidores e justiça ambiental: soluções práticas para consumidores em dificuldades". A conferência realiza-se a 12 de outubro, no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, com participação gratuita mediante registo prévio obrigatório. Inscrições decorrem até 8 de outubro.

A conferência terá como objetivo explorar a temática do impacte desproporcional das consequências ambientais negativas sobre determinados grupos de consumidores, com destaque para as emissões poluentes e contaminantes, as condições meteorológicas extremas e a insegurança alimentar. Os temas serão abordados numa perspetiva de prevenção de riscos e de reparação de danos, com o objetivo de identificar soluções para os consumidores.

Nos últimos anos, os prejuízos para os consumidores aumentaram devido aos riscos ambientais relacionados com a crescente ocorrência de fenómenos climáticos extremos, à adoção ou ausência de determinadas políticas públicas e à atuação de algumas empresas. Há grupos da população afetados, de diferentes formas, como resultado de políticas e atitudes que têm promovido assimetrias entre os cidadãos.

Pretendemos que esta conferência seja um momento privilegiado de reflexão e debate sobre a relação entre a justiça ambiental e a defesa do consumidor e que também sirva para refletir sobre o papel que as associações de consumidores podem e devem desempenhar nesta crise ambiental, sem esquecer o papel de outros atores de natureza pública ou privada.

Iremos reunir um leque de especialistas nacionais e internacionais que, juntos, vão refletir e debater sobre temas variados relacionados com os direitos dos consumidores face aos desafios ambientais. Haverá intervenções sobre os fenómenos climáticos extremos e os seguros, a saúde ambiental e os mecanismos de compensação coletivos, as emissões poluentes e a responsabilidade pública ou a alimentação segura e o risco de exclusão.

Conheça o programa.


 

Este artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais se for indicada a fonte e contiver uma ligação para esta página. Ver Termos e Condições.