Notícias

Canal de atendimento para a comunidade surda

A comunicação entre os consumidores surdos e a DECO PROTESTE vai passar a poder fazer-se também em língua gestual portuguesa através de videochamada.

  • Texto
  • Ana Rita Costa e Filipa Nunes
31 março 2021
  • Texto
  • Ana Rita Costa e Filipa Nunes
Cidadão surdo em videochamada

iStock

Lançámos um novo canal de atendimento aos cidadãos surdos que resulta de uma parceria com o Serviin, um serviço de videointerpretação para a comunidade surda.

Este novo canal de atendimento para surdos é um serviço prestado por intérpretes especializados em língua gestual portuguesa, através de videochamada ou pelo Skype, aos consumidores que precisem de informações sobre produtos e serviços, que tenham dúvidas sobre os seus direitos ou que pretendam formalizar reclamações.

Os consumidores surdos precisam apenas de ter um computador com câmara ou um smartphone com Skype instalado para contactar o Serviin através do número 12472 ou através do Skype. Depois de contactado pelo consumidor, o intérprete de língua gestual portuguesa liga para a DECO PROTESTE, que responderá às questões do cidadão surdo em tempo real, com a intermediação do intérprete. Este canal de atendimento estará disponível todos os dias úteis, entre as 09h00 e as 18h00.

Em Portugal, existem cerca de 120 mil pessoas surdas e 530 mil com algum tipo de deficiência auditiva, de acordo com o Serviin. Com esta linha de contacto, pretendemos quebrar as barreiras na acessibilidade à informação e contribuir para uma sociedade mais inclusiva, permitindo que os cidadãos surdos contactem o nosso atendimento de forma mais imediata.

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.