Notícias

Bimby: reparação na Staples corre mal

Um consumidor foi cinco vezes à loja ao longo de três meses para reaver as peças em falta da Bimby que mandara reparar. A Staples entregou novas lâminas em substituição das danificadas, e devolveu o dinheiro pago pela reparação.

22 dezembro 2022
Mulher de costas corta legumes para a Bimby

iStock

Um consumidor de Arruda dos Vinhos, subscritor da DECO PROTESTE, mandou reparar, na Staples, através da Easy Tech, a sua Bimby. O robô de cozinha não aquecia. Alguns dias mais tarde foi contactado. O aparelho fora reparado de acordo com o solicitado e o orçamento, mas seria necessário mudar a base. O consumidor recusou por ser caro. Preferia comprar uma peça nova, cujo preço era mais baixo.

Quando foi buscar a Bimby, constatou que o copo, a lâmina e a base não eram suas. O copo tinha sinais de danos; o suporte estava partido, rodando com dificuldade; a junta não era de origem da marca; e a base também apresentava desgaste. Por estas razões, entregou de novo a Bimby para reparação.

Contudo, a 5 de agosto, foi devolvida ainda em pior estado. Voltou a deixar a máquina na Staples. Tinham passado quase três meses, deslocara-se cinco vezes à loja, pagara antecipadamente o arranjo e continuava sem o problema resolvido.

Insatisfeito? Reclame com a ajuda da DECO PROTESTE

Serviços que não correm bem: que direitos?

Por lei, o consumidor tem direito a ser indemnizado pelos danos patrimoniais e não patrimoniais resultantes da inconformidade no fornecimento de bens ou prestações de serviços.

Neste caso, a Staples, através do espaço Easy Tech, que dá assistência a vários equipamentos, sejam ou não adquiridos numa das lojas, como a Bimby, após o contacto da DECO PROTESTE, desculpou-se. Devolveu o valor pago, restituiu ao subscritor as peças em falta e entregou outras novas em substituição das danificadas.

Em caso de necessidade de reparação da Bimby, pode ir ao site da Vorwerk, que comercializa este robô de cozinha, e preencher um formulário para que o equipamento seja recolhido na morada que indicar. Em alternativa, pode dirigir-se a uma das lojas Bimby, cujas moradas estão disponíveis também no site.

No caso de a Bimby já estar fora do período de garantia, o serviço de análise ou diagnóstico tem um custo associado de 21,54 euros, se o equipamento se destinar a utilização doméstica, ou de 24,99 euros nas restantes situações. Este valor é, no entanto, deduzido à fatura final da reparação.

Caso não autorize a reparação, o montante não será restituído, sendo o equipamento devolvido na morada onde foi recolhido.

Em caso de conflito, pode recorrer à plataforma Reclamar. O caso será enviado para a empresa com o apoio da DECO PROTESTE.

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.