Dicas

Passos para reclamar na nossa plataforma

Passo a passo para fazer queixa

Aceda à plataforma Reclamar e registe-se. O serviço é gratuito para todos os consumidores, associados ou não.

Insira o nome da empresa. Em princípio, está na nossa base de dados. Temos mais de 300 registadas. Se não estiver, basta escrever o nome e o e-mail. Escolha o setor (exemplo: transporte aéreo). 

Indique uma referência, como o número de cliente, da fatura, NIF, número da conta bancária, de telefone ou outro. Quanto mais informação incluir, mais facilmente a empresa tratará da sua reclamação. Preencha os seus dados pessoais e o assunto (exemplo: voo cancelado).

Escolha o assunto e descreva a situação. Comece por apresentar os motivos da queixa, sem esquecer de mencionar o local e a data dos acontecimentos; relate as consequências da situação (exemplo: teve de adiar as férias); e o que fez para resolver o problema (tentou marcar outro voo).

Diga o que pretende. Quer a restituição do valor que gastou? Ou prefere uma compensação? Em caso afirmativo, indique o montante que deseja recuperar. Como adquiriu o produto ou serviço? Os seus direitos variam de acordo com a forma de aquisição. Por exemplo, se fizer uma compra à distância (por catálogo) ou através da internet, tem direito a um período de reflexão. Isso não acontece se adquirir um produto numa loja. Este período de 14 dias conta-se a partir da data de entrega do bem ou da data de celebração do contrato, no caso de se tratar de um serviço. O prazo sobe para 30 dias quando a empresa não dá informação suficiente, clara e legível, que garanta a adequada utilização do artigo que comprou. De salientar que os dias de reflexão previstos na lei se aplicam a qualquer artigo adquirido a partir de Portugal.

Decida se a queixa aparecerá na nossa lista de reclamações públicas. Ao torná-la pública, qualquer pessoa na internet a poderá visualizar. Desta forma, estará a fazer mais pressão sobre a empresa para responder, e a ajudar outros consumidores, com situações semelhantes. Se está preocupado com a privacidade dos seus dados, fique tranquilo. O número de telefone, o endereço de e-mail e os documentos anexados não ficarão visíveis.

Anexe os documentos comprovativos que tiver (faturas, contratos, etc.).

Reveja a queixa e envie-a.