Dicas

10 passos para reclamar na nossa plataforma

Início

Faça a reclamação através do nosso site e esqueça as filas, pessoas mal-humoradas e respostas tortas. A sua queixa vai direta para a empresa.

  • Dossiê técnico
  • Ana Elias
  • Texto
  • Myriam Gaspar e Filipa Nunes
18 setembro 2018
  • Dossiê técnico
  • Ana Elias
  • Texto
  • Myriam Gaspar e Filipa Nunes
reclamações online

iStock

Reclamar é um direito que assiste a qualquer consumidor sempre que um serviço ou produto não corresponde às expectativas ou apresenta defeitos. Quando isso acontece, a primeira reação é ficar indignado, vociferar até, e pensar: “O que faço agora?”. Só de pensar no tempo que vai perder a resolver o problema... fica doente. Relaxe! Já não precisa de se deslocar à loja, enfrentar longas filas e receber um sorriso amarelo ou um encolher de ombros do funcionário quando expuser o caso.

Pode reclamar através da nossa plataforma. A queixa vai diretamente para a empresa. O serviço é gratuito para todos os consumidores, sejam ou não associados. O registo permite guardar o histórico completo da situação e acompanhar a resolução do caso. Tem ainda a vantagem de organizar várias reclamações numa única plataforma.

Ir para a plataforma Reclamar

Algumas empresas optam por responder ao consumidor diretamente através da plataforma. Outras preferem contactá-lo em privado.

Deixar uma reclamação na nossa plataforma tem a vantagem de reforçar a posição do consumidor. Além de poupar tempo, demonstra claramente que não pretende deixar os factos caírem no esquecimento. Uma queixa verbal pode não ter o mesmo efeito e arrisca-se a que o assunto fique na gaveta. Com uma queixa escrita, todas as diligências que efetuar ficam registadas.

Antes de apresentar o caso, poderá pesquisar no nosso site as reclamações contra determinada empresa. É possível também fazer a procura por setor de atividade (exemplo: saúde). Isso poderá ajudar a perceber se há situações semelhantes e como foram expostas.

Proponha uma solução e tente perceber se, da outra parte, há abertura para resolver a situação. Um bom acordo é sempre preferível a uma contenda com consequências imprevisíveis.

É importante guardar todos os documentos do processo. No momento da aquisição de um produto ou serviço, peça sempre faturas, recibos e orçamentos, assine contrato. É a única forma de se precaver quando surgirem problemas.

Tenha em atenção os prazos para pedir a anulação do negócio ou contrato. Se perceber que a empresa está a protelar ou resiste em apresentar uma solução, peça ajuda aos nossos juristas. Se necessário, intervirão no conflito em seu nome.

 

Este artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais se for indicada a fonte e contiver uma ligação para esta página. Ver Termos e Condições.