Cartas-tipo

Recusa de vale

16 fevereiro 2017
carta-tipo

16 fevereiro 2017
Por correio registado ou e-mail, uma reclamação por escrito serve de prova e pode ser decisiva para resolver o seu conflito. Identifique bem quem envia, o destinatário e a data e exponha claramente os factos. Guarde cópias do envio.
Nome e morada completa do remetente

Nome e morada completa do destinatário

Localidade e data

Carta registada com aviso de receção

Assunto: Devolução de artigo com defeito.

Exmos. Senhores,

No passado dia 13 de novembro, adquiri, no vosso estabelecimento, uma camisola de lã, da marca ………………, por € 50 (cinquenta euros). No entanto, quando a vesti pela primeira vez, reparei que tinha um defeito: um rasgão junto à axila esquerda, que nem eu nem a vossa empregada (a Sra. Celeste Cruz) detetámos na altura da compra.

Por isso, no dia seguinte, voltei à loja, onde a mesma empregada reconheceu a existência do referido defeito. Como, infelizmente, não havia nenhuma camisola igual à que pretendia, pedi que me devolvessem a quantia paga. Para minha surpresa, a empregada disse-me que tal não era possível e que apenas poderiam dar-me um vale, no mesmo valor, para ser utilizado na compra de outra peça de roupa.

Parece-me, no entanto, que estamos perante um equívoco: não tenho culpa de a camisola que comprei estar com defeito e, não estando interessado em qualquer outro artigo da vossa loja, não podem obrigar-me a comprar algo que não quero. Por isso, venho exigir, por este meio, que me devolvam o montante acima referido, até ao próximo dia 30 de novembro. Caso contrário, denunciarei a situação às entidades competentes e recorrerei a todos os meios de que disponho para defender os meus direitos.

Sem outro assunto de momento,

(Assinatura)