Notícias

Poupar com o "toma lá, dá cá" do consumo colaborativo

14 dezembro 2015
consumo colaborativo

14 dezembro 2015

O carro, a casa, as roupas, os móveis, os objetos antigos e até o tempo. Há tanta coisa que pode, afinal, rentabilizar na sua vida.

Início

Os nossos avós tinham o hábito de trocar, com os vizinhos, leite por ovos ou couves por batatas. Por isso, o consumo colaborativo não é uma novidade. Mas está a ser reinventado, tem vindo a ganhar terreno e até tem um nome próprio. O objetivo é o de sempre: partilhar e poupar.

Através das plataformas digitais, os consumidores de hoje trocam produtos e serviços, independentemente do local onde estão. Arrendar a casa para férias, trocar de casa com outra família, partilhar o carro para ir para o trabalho ou numa viagem e até trocar tarefas (organizar um roupeiro em troca de um bolo de aniversário) são apenas alguns exemplos. Geralmente, os consumidores usam sites como o “blablacar”, “trocacasa”, “couchsurfing” ou o “troca-se”.


Imprimir Enviar por e-mail