Alertas

Eclipse solar: observe em segurança

21 agosto 2017
observar eclipse solar

21 agosto 2017
O fenómeno é inofensivo para a saúde, mas exige alguns cuidados. Siga os nossos conselhos para observar o eclipse solar em segurança.

Não observe diretamente o sol: use filtros solares oculares, também chamados "óculos de eclipse". Certifique-se de que têm a marca CE obrigatória e cumprem a norma EN 169/1992 e a diretiva CEE 89/686.

É inseguro substituir os filtros solares oculares por óculos escuros, vidros negros de fumo, películas ou negativos fotográficos, radiografias ou filtros de gelatina. 

Confirme se os filtros solares oculares estão em boas condições. Procure microfuros, arranhões ou imperfeições que deixem passar mais luz solar do que a desejável. 

Os filtros solares oculares não devem ser combinados com binóculos, câmaras fotográficas, telescópios ou quaisquer outros instrumentos óticos.

Observe o eclipse por 30 segundos de cada vez, com intervalos de, pelo menos, 3 minutos. 

Uma má utilização dos filtros solares ou de aparelhos de observação, assim como a observação direta, podem causar lesões oculares. Alguns sintomas são:

  • diminuição da acuidade visual;
  • ver um ponto negro no centro da visão (escotomas centrais); 
  • falhas na perceção das cores (discromatópsia);
  • visão distorcida (metamorfópsia).

Se notar sintomas associados à observação do eclipse, mesmo tendo seguido as recomendações de segurança, contacte a linha Saúde 24 (808 24 24 24).