Notícias

Booking.com compromete-se com maior transparência nas reservas online

Até 16 de junho deste ano, o Booking.com prometeu avançar com boas práticas, em linha com a legislação europeia do consumidor.

  • Dossiê técnico
  • Sofia Lima
  • Texto
  • Deonilde Lourenço
13 fevereiro 2020
  • Dossiê técnico
  • Sofia Lima
  • Texto
  • Deonilde Lourenço
booking

iStock

“Último quarto disponível!”. Um alerta repetido que instiga à reserva imediata da que pode ser mesmo a última oportunidade. É o instinto de sobrevivência a comandar as reservas online, numa estratégia alarmista utilizada por sites de reserva de alojamento, como o Booking.com. Mas esta plataforma, ao contrário de outras, decidiu cumprir a legislação. É preciso clarificar, por exemplo, que o aviso “Último quarto disponível!” se refere apenas à oferta no Booking.com. 

Após dialogar com a Comissão Europeia e as autoridades nacionais de consumidores, o Booking.com comprometeu-se a alterar a apresentação de ofertas, descontos e preços. É uma nova etapa que se inicia nas comparações a fazer pelos consumidores. A informação pretende ser mais transparente, em obediência aos princípios do direito do consumo da União Europeia. As autoridades nacionais de proteção ao consumidor avaliarão a implementação daqueles compromissos. Com a coordenação da Comissão Europeia, as autoridades também avaliarão as práticas de outras grandes plataformas de serviços de viagens online.
 
A Booking.com comprometeu-se a mudar outras práticas.

  • Não apresentar ofertas limitadas no tempo, se o mesmo preço estiver disponível posteriormente.
  • Explicar o modo como os resultados são classificados e se os pagamentos que lhe são feitos pelo fornecedor do alojamento pesaram na posição na lista de resultados.
  • Assumir se o resultado de uma comparação de preços é circunstancial, ou seja, se depende das datas de permanência, por exemplo, não o anunciando como um desconto.
  • Indicar claramente se um alojamento é oferecido por um privado ou por um profissional.
  • Garantir que as comparações de preços apresentadas como descontos representam uma verdadeira poupança, por exemplo, através do fornecimento dos detalhes sobre o preço de referência.
  • Exibir o preço total que os consumidores terão de pagar, incluindo todas as cobranças, taxas e impostos inevitáveis que podem ser razoavelmente calculados com antecedência, de maneira clara e destacada.
  • Apresentar o alojamento esgotado numa posição dos resultados da pesquisa adequada aos critérios da mesma. 

 

 

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.