Notícias

App “Posso ir?” monitoriza praias com o nosso apoio

Com a época balnear ao rubro, a app "Posso ir?" é a ferramenta certa para conhecer a taxa de ocupação das praias, incluindo fluviais. Descubra as principais funcionalidades, e não vá sem garantir que pode manter o distanciamento.

  • Dossiê técnico
  • Pedro Mendes
  • Texto
  • Inês Lourinho
16 julho 2020 Arquivado
  • Dossiê técnico
  • Pedro Mendes
  • Texto
  • Inês Lourinho
Mulher a pesquisar uma praia num tablet, com um areal e o mar em fundo

iStock

Todos os anos é a mesma coisa. A pandemia poderá ter, contudo, aguçado a tradicional vontade dos portugueses de expansão para aquela orla onde a terra acaba e o mar começa. Mas como saber se uma praia está sobrelotada sem ver com os próprios olhos, nem correr o risco de perder a viagem por excesso de banhistas? A resposta é simples. A app “Posso ir?”, desenvolvida no âmbito do Tech4Covid19, um coletivo de engenheiros, cientistas, designers, profissionais de saúde, técnicos de marketing e outros, todos voluntários, que se juntaram para combater a covid-19, popularizou-se no início da quarentena, por medir a taxa de ocupação de supermercados, farmácias e demais espaços públicos, com vista a garantir o distanciamento social. Agora, com o apoio da DECO PROTESTE, passou a integrar as praias na sua monitorização, incluindo fluviais.

Como aceder à app Posso ir

Voz aos banhistas

Tal como a “Info Praia”, a app da Agência Portuguesa do Ambiente, a “Posso ir?” conta com as informações fornecidas pelos concessionários. Mas junta-lhes as informações dos próprios banhistas. Tudo em tempo real. E, em parceria com a DECO PROTESTE, indica ainda o nível de qualidade da água do mar, o histórico de ocupação, a existência de bandeira azul e de vigilância, e as infraestruturas disponíveis.

Mais de 45 mil lojas e 600 praias, e sempre a somar

Com indicadores visuais para utilizadores daltónicos, a “Posso ir?”, que inclui 45 mil estabelecimentos comerciais e mais de 600 praias em Portugal Continental e nas ilhas, soma já mais de 200 mil downloads. Descarregue-a na App Store ou na Play Store. Também pode seguir o projeto no website, no Facebook ou no Instagram.

Mas os criadores da aplicação querem ir mais longe e desejam a colaboração de um número superior de lojas, concessionários de praias e restaurantes, além do apoio das autarquias. Quanto maior o volume da informação recolhida, maior a fiabilidade, mas também o nível de confiança transmitida aos cidadãos, para que regressem à normalidade.

Principais funcionalidades da app

 

Printscreen_1 

 

A app recolhe a informação oficial, fornecida pela Agência Portuguesa do Ambiente, com base nas respostas dos concessionários. Mas inclui também as informações dos banhistas. Quanto mais participantes colaborarem, mais fiáveis serão os dados.

 

Printscreen_2 


Antes de se deslocar, selecione a praia desejada e verifique a taxa de ocupação. Para uma leitura mais intuitiva, foi estabelecido um sistema de cores.

 

Printscreen_3

 

Além de praias, a “Posso ir?” monitoriza supermercados, restaurantes, farmácias e outros espaços públicos. Pode marcar os seus favoritos, para mais depressa os encontrar, e evitar filas e aglomerações.

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.