Dicas

Reserva de viagem e alojamento: taxas e condições para pagar menos

Da reserva antecipada da viagem aos cuidados com as despesas de alojamento, é possível antecipar despesas e evitar gastar demasiado quando planeia as férias. Saiba a que taxas, comissões e detalhes deve prestar atenção.

28 março 2022
Planear férias de forma económica

iStock

As famílias portuguesas que queiram tirar férias estarão certamente preocupadas com os desenvolvimentos da guerra na Ucrânia, que fazem antever uma crise económica sem paralelo nos últimos anos, numa altura em que o País ainda lida com o impacto da pandemia. Apesar da previsível subida de preços, e do facto de este ano a maioria das crianças contar com um período de descanso escolar da Páscoa mais curto do que o habitual, muitas pessoas não irão prescindir de uma escapadinha para mudar de ares ou viajar. Para prevenir os gastos escusados, siga os nossos conselhos.

Antecedência e navegação em modo incógnito com preços mais baixos

Certifique-se de que efetua a pesquisa de alojamento ou voos numa janela do browser aberta em modo incógnito. Esta é a forma de evitar que os cookies dos sites rastreiem a sua pesquisa e inflacionem os preços dos produtos que mais lhe interessam.

Faça a reserva tão cedo quanto possível, pois, em regra, quanto maior for a antecedência menor é o custo, embora também haja, mas com menos frequência, promoções de última hora. As tarifas mais baixas são, normalmente, as que mais depressa esgotam. Se possível, escolha datas menos concorridas, por exemplo, fora do período de férias ou dos fins de semana.

Assegure o direito a cancelar ou alterar a reserva

Imprevistos acontecem, mais que não seja por estarmos ainda a braços com a covid-19, e a data escolhida para viajar pode revelar-se inoportuna quando se aproximar. Assim, quer no que diz respeito ao alojamento quer à viagem, certifique-se de que a reserva pode ser alterada ou cancelada. Uma vez que nem sempre essa possibilidade existe na tarifa-base, avalie se quer fazer o pagamento do custo adicional para o assegurar.

Se houver impossibilidade absoluta de viajar, o consumidor tem direito ao reembolso do valor pago. Contudo, noutras situações, o viajante fica dependente das condições contratuais que aceitou no momento em que fez a reserva ou da boa vontade da outra parte em aceitar uma solução que agrade a ambos.

A contratação de um seguro pode ser outra forma de acautelar imprevistos. Mais uma vez, verifique se faz parte do pacote adquirido, se acarreta um custo acrescido ou até se já dispõe de proteção, por exemplo, através de um cartão de crédito ou de outro seguro com este tipo de cobertura.

Meio de pagamento sem agravar custo

Por vezes, já depois de apurado o que aparenta ser o montante definitivo a pagar pela reserva do alojamento ou da viagem, o consumidor verifica um agravamento devido à forma de pagamento escolhida. Pode, por exemplo, não haver acréscimo ao pagar com MB Way ou cartão de débito, mas a fatura aumentar se usar os demais cartões, como os de crédito, ou recorrendo a instrumentos como o PayPal.

Para evitar um agravamento do custo, antes de confirmar, no passo final, a reserva do alojamento ou da viagem, esteja atento ao valor definitivo e à eventualidade de o custo da reserva ser agravado por estar a usar um meio de pagamento que não seja o mais interessante. Simule as diferentes opções que são apresentadas e escolha a mais económica.

Atenção às taxas e comissões de reserva

Também as taxas ou comissões de reserva podem influenciar, de forma mais ou menos determinante, o preço final a pagar pelo alojamento ou pela viagem. Ao valor anunciado nas plataformas, é normalmente adicionado um montante correspondente à reserva. Este valor pode ser fixo ou variável e ter algum peso no custo total. Por vezes, esta parcela diz respeito à margem de lucro do intermediário na operação, seja uma agência de viagens ou serviços de alojamento local. Noutros casos, trata-se apenas de mais um encargo para o consumidor e uma fonte de receita para quem o cobra.

No caso do alojamento, há encargos específicos que podem alterar o valor da compra, como é o caso da taxa municipal, praticada em muitos destinos turísticos e frequentemente cobrada apenas no local, não estando incluída no preço a pagar no momento da reserva.

Hotel com boa localização para poupar

Outro aspeto que pode inflacionar o preço a pagar é o tipo de alojamento escolhido: se é um quarto ou um dormitório, se tem casa de banho independente ou partilhada, se tem vista, em que piso fica situado, qual a dimensão, localização, categoria, proximidade de transportes e de atrações turísticas, etc. Procure avaliar, por exemplo, se um custo superior face à localização do hotel não lhe permitirá poupar na utilização de transportes no local, por permitir a deslocação a pé.

Planeie também antecipadamente os seus dias, para poder avaliar qual o regime alimentar que melhor serve as suas necessidades. Por exemplo, se não estiver a prever passar muito tempo no hotel, dificilmente tirará partido de um regime de pensão completa, mas o pequeno-almoço incluído poderá valer a pena ponderar caso o preço compense.

Bagagem de porão e mala de mão incluídas na tarifa?

Nas viagens de avião, há que ter em conta a eventual necessidade de pagamento de bagagem de porão ou até de bagagem de mão para além de determinadas dimensões. Também pode solicitar o aumento do peso autorizado a transportar se previr que excederá o que é permitido na tarifa adquirida. Portanto, antes de confirmar a reserva, convém que tenha a perceção do volume da bagagem de que necessita para a viagem e do que está incluído na tarifa anunciada pela transportadora ou pela agência de viagens. Assim, saberá de antemão se vai ter de despender algo mais do que o preço apresentado inicialmente. E poderá avaliar se a opção que se apresentava como a mais barata continua a sê-lo ou se, face ao que terá de gastar em extras, será superada por outras ofertas.

Reserva de lugar ou prioridade no embarque podem ser pagos

As várias companhias aéreas também se distinguem pelo pagamento ou gratuitidade de elementos como a reserva de lugar no avião ou a prioridade no embarque. Estes encargos podem ainda variar segundo o momento em que os serviços são solicitados. Por vezes, são menos onerosos quando se faz a reserva do que mais tarde, quando faltar menos tempo para a viagem. Verifique e compare preços e serviços.

Alimentos comprados a bordo são mais caros

Comprar uma refeição ou bebidas no aeroporto ou a bordo de um avião pode obrigar o consumidor a gastar mais dinheiro do que o que estaria a contar. Evite fazê-lo, sempre que possível. Assegure a alimentação das crianças, nas quantidades adequadas para a viagem. Algumas transportadoras permitem encomendar antecipadamente o que se quer comer e beber, conseguindo-se, assim, uma poupança relativamente aos preços praticados a bordo.

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.