Notícias

Vacinas: precaução indispensável

23 agosto 2019
vacinas

23 agosto 2019

As vacinas protegem as crianças das doenças ditas “infantis”, que poderiam evoluir para problemas graves ou mortais. Se ainda tem dúvidas sobre os benefícios das vacinas, veja o vídeo.

Vírus do Papiloma Humano

A vacina contra infeções pelo Vírus do Papiloma Humano (HPV) é dada aos 10 anos. As raparigas dessa idade levam duas doses com seis meses de diferença. 

Este vírus, também conhecido por HPV, é responsável por várias doenças, incluindo cancro no colo do útero, vagina, vulva, ânus e orofaringe. Transmite-se facilmente por contacto sexual.

Existem vários tipos de HPV. A partir de 2017, esta vacina protege contra nove genótipos, mais do dobro da anterior. Esta vacina passa a abranger 90% dos tipos de HPV associados a cancro do colo do útero. No entanto, além da vacina, continua a ser essencial para a prevenção, o rastreio do cancro do colo do útero com citologia vaginal e o uso de preservativo.

Os efeitos indesejáveis mais frequentes da vacina são febre, dor e comichão no local da picada. Este pode ainda ficar duro e vermelho.