Notícias

Vacinas: precaução indispensável

04 novembro 2021
vacinas

As vacinas do Programa Nacional de Vacinação são gratuitas. Saiba quando devem ser aplicadas.

Programa Nacional de Vacinação

O Programa Nacional de Vacinação (PNV) é um programa universal gratuito e acessível a todas as pessoas presentes em Portugal.

À nascença

VHB - vacina contra a hepatite B (1.ª dose)

2 meses

VHB (2.ª dose)
DTP – vacina contra a difteria, o tétano e a tosse convulsa (1.ª dose)
Hib – vacina contra as doenças causadas por Haemophilus influenzae tipo b (1.ª dose)
VIP – vacina contra a poliomielite (1.ª dose)
Pn13 – vacina contra infeções por Streptococcus pneumoniae de 13 serotipos (1.ª dose)
MenB – vacina contra a doença meningocócica B (1.ª dose)

4 meses

DTP (2.ª dose)
Hib (2.ª dose)
VIP (2.ª dose)
Pn13 (2.ª dose)
MenB (2.ª dose)

6 meses

VHB (3.ª dose)
DTP (3.ª dose)
Hib (3.ª dose)
VIP (3.ª dose) 

12 meses

VASPR – vacina contra o sarampo, parotidite e rubéola (1.ª dose)
MenC – vacina contra a doença meningocócica C
Pn13 (3.ª dose)
MenB (3.ª dose)

18 meses

DTP (4.ª dose)
Hib (4.ª dose)
VIP (4.ª dose)

5 anos

DTP (5.ª dose)
VIP (5.ª dose)
VASPR (2.ª dose)

10 anos

HPV – vacina contra doenças causadas pelo vírus do papiloma humano (2 doses)
Td – vacina contra o tétano e a difteria (reforço)

25 anos (e de 20 em 20 anos até aos 65. Depois, de 10 em 10 anos)

Td (reforços)

A vacina combinada contra o tétano, a difteria e a tosse convulsa (Tdpa) é administrada em todas as grávidas, entre as 20 e as 36 semanas de gestação, após a ecografia morfológica (recomendada entre as 20 e as 22 semanas + 6 dias) e, idealmente, até às 32 semanas.