Notícias

Toys "R" Us: teste confirma brinquedos perigosos

05 fevereiro 2014 Arquivado

05 fevereiro 2014 Arquivado

Nem para crianças, nem para adultos. Dois dos pequenos eletrodomésticos aquecem demasiado na superfície superior de plástico. Enviámos nova denúncia à ASAE, após o silêncio desta entidade, e alertámos a Direção-Geral do Consumidor, responsável por assegurar um nível elevado de proteção dos consumidores.

Em dezembro último, denunciámos que a fábrica de cake pop, máquina de donuts, fonte de chocolate e máquina para fazer muffins, todas da marca Tristar, eram anunciadas como brinquedos na Toys “R” Us. Por não terem sido concebidas para crianças, alertámos para os riscos. Em laboratório, verificámos se os equipamentos estão bem concebidos e fabricados para o fim a que se destinam e se podem ser utilizados por adultos.

Dos 4 equipamentos, a fábrica de cake pop não pode ser comercializada por não cumprir as normas de segurança em vigor e a máquina para fazer muffins é considerada perigosa segundo os nossos critérios de segurança térmica. As temperaturas excessivas medidas nas superfícies de contacto são preocupantes. Já comunicámos estes resultados ao fabricante Tristar.

A fonte de chocolate, em teste na foto, e a máquina de donuts não apresentaram falhas nos testes de segurança.
A fonte de chocolate, em teste na foto, e a máquina de donuts não apresentaram falhas nos testes de segurança.

Pode pedir a devolução do dinheiro
Na fábrica de cake pop, medimos temperaturas de 99ºC na superfície plástica na parte superior do equipamento. A norma para este tipo de revestimento define um limite de 90ºC. Denunciámos novamente o risco à Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) e à Direção-Geral do Consumidor. Quem comprou, pode devolver o produto e solicitar a restituição do dinheiro ou trocar por outro bem.

Na fábrica de cake pop, medimos temperaturas de 99ºC na superfície plástica na parte superior do equipamento.
Na fábrica de cake pop, medimos temperaturas de 99ºC na superfície plástica na parte superior do equipamento.

Na máquina para fazer muffins, medimos uma temperatura acima de 100ºC na superfície plástica superior. Um simples aviso de “superfície quente” colocado no equipamento é suficiente para cumprir a norma, pois o limite de temperatura admissível na superfície plástica aumenta de 90ºC para 155ºC. Mas, mesmo com o aviso, o aparelho não deixa de por em causa a segurança do utilizador, qualquer que seja a idade, pelo que consideramos este equipamento perigoso. Usamos este critério nas avaliações de segurança térmica de vários eletrodomésticos, como micro-ondas, por exemplo. Os limites de temperaturas são definidos para obrigar os fabricantes a prestarem mais atenção à segurança térmica, mas esta cláusula permite que as marcas optem por colocar o aviso, em vez de reforçarem a segurança dos equipamentos.

O aviso na máquina para fazer muffins permite cumprir a norma, mas não acrescenta segurança.
O aviso na máquina para fazer muffins permite cumprir a norma, mas não acrescenta segurança.

Imprimir Enviar por e-mail