Notícias

Terapia da fala: entre 15 e 75 euros por sessão

25 janeiro 2017
Thumb_terapia da fala

Consultas caras, que podem multiplicar-se por meses, é a alternativa à disposição dos pais quando a ajuda especializada não chega em tempo útil às escolas públicas.

Renda mensal sem fim à vista

A duração do tratamento depende muito da gravidade da situação e da evolução do paciente. Tanto podemos estar a falar de meses como de anos, a multiplicar por um valor por sessão que, tipicamente, será de 35 euros. Por isso, apesar de o ideal serem duas sessões semanais, os terapeutas tendem a reduzir o número para metade. Mesmo assim, serão em média 140 euros a cada mês, um valor incomportável para muitas famílias, estando os subsídios estatais sobretudo direcionados para os alunos do ensino especial.

E esta até poderia ser uma solução, se os terapeutas da fala disponíveis nas escolas fossem suficientes para dar resposta a todos os casos. Mas, em agrupamentos com milhares de alunos e sempre a crescer devido às reorganizações administrativas, são poucos os profissionais que o Estado tem para oferecer a crianças e jovens que, com ajuda especializada em tempo útil, poderiam reforçar o seu sucesso escolar.

Neste contexto de insuficiência, a iniciativa privada coloca-se no terreno. São comuns as deslocações de terapeutas às escolas para procederem a rastreios gratuitos. Por princípio, nada de eticamente reprovável advém deste tipo de ações. Mas a DECO tem diversas interrogações. Quem fiscaliza a atividade destas empresas? Quem assegura a resposta caso sejam detetadas necessidades de acompanhamento? As visitas são bem controladas, para evitar a ansiedade dos pais?

Se for confrontado com uma tal situação, procure confirmar o diagnóstico. Fale com os professores ou outros profissionais que deem apoio ao estabelecimento de ensino e certifique-se de que a criança precisa mesmo de ajuda. Se não é admissível ficar meses à espera, vendo o seu desempenho escolar degradar-se, também não é aceitável transformar a mínima dificuldade numa oportunidade de negócio. Vamos questionar o Ministério da Educação sobre o assunto.