Notícias

Piolhos: soluções para acabar com a comichão

15 setembro 2016
tratamento contra piolhos

15 setembro 2016
Produtos com inseticida, de ação sufocante, pentes e truques caseiros: confirme a eficácia de cada método de eliminação de piolhos e lêndeas e escolha o melhor para acabar de vez com os parasitas que tanto incomodam as crianças.

Início

Os produtos com inseticida ou de ação sufocante custam entre 10 e 15 euros e eliminam os piolhos numa só passagem. Mas é recomendável uma segunda utilização, uma semana depois, para acabar definitivamente com os parasitas. São os mais eficazes, embora as farmácias e parafarmácias comercializem muitos mais.

Os piolhos preferem as cabeças limpas e alimentam-se de sangue do couro cabeludo, libertando uma substância irritante. Por isso, a comichão é um dos primeiros sinais de que há piolhos na cabeça. As crianças em idade escolar são tipicamente o público-alvo destes parasitas. 

Cada piolho-fêmea produz oito ovos por dia. São as lêndeas e de cada uma delas nasce um novo piolho.

Não vale a pena aplicar produtos químicos no cabelo para prevenir o aparecimento de piolhos. Eles apenas matam piolhos, pelo que só deve recorrer aos champôs e loções de tratamento para acabar com a infestação. 

Após o tratamento, deve lavar a 60⁰C os lençóis, almofadas, chapéus, toalhas, escovas e pentes que estiveram em contacto com a cabeça da criança nos últimos dias. É também recomendável lavar a cadeira do carro (se a criança ainda a usar) e aspirar sofás, tapetes e cortinas. Se algumas peças não puderem ser lavadas, opte pela limpeza a seco ou, em alternativa, guarde-as num saco plástico fechado durante duas semanas.