Notícias

Norma i-Size: respondemos às dúvidas dos pais

21 setembro 2016
Respondemos a todas as dúvidas sobre os modelos de cadeira auto iSize, destinados a bebés e crianças.

21 setembro 2016

A norma i-Size está em vigor desde julho de 2013, mas esta fase de transição pode ser um quebra-cabeças para os pais. Clarificamos as regras e mostramos como comprar uma boa cadeira auto.

Início

Escolher uma cadeira auto é uma grande decisão para as famílias. Este equipamento pode ser muito caro e não há um sistema que obtenha sempre bons níveis de segurança em todos os modelos e marcas. O nosso teste a cadeiras auto ajuda a fazer uma escolha segura.

Além disso, nas lojas, os pais encontram cadeiras que obedecem normas europeias de homologação diferentes. Há modelos com e sem Isofix, que continuam divididos por grupos consoante o peso da criança (norma ECE R44), e modelos i-Size (norma ECE R129), sempre com Isofix, que são categorizados pela altura (cm) da criança. As cadeiras “ovo” i-Size podem ser usadas com o sistema de fixação dos cintos do carro apenas, caso a base de fixação Isofix não esteja disponível.

A existência de duas normas de homologação pode confundir, mas os modelos i-Size incorporam várias mudanças face à norma antiga que ajudam a distingui-los: 
  • a escolha da cadeira é feita com base na altura da criança, sendo que um modelo é válido para uma gama de alturas, que pode variar, por exemplo, dos 67 aos 105 centímetros;
  • obrigam ao transporte das crianças de costas para a estrada até aos 15 meses de idade, de modo a aumentar a proteção da cabeça e do pescoço dos bebés;
  • para serem homologados segundo a nova norma, têm de passar em testes mais exigentes, em particular na colisão lateral, com a intrusão de uma porta no interior do veículo;
  • estão equipados com dois ou três pontos de fixação Isofix, que permitem fixá-los à estrutura do carro em vez de prendê-los com o cinto de segurança. Deste modo, pretende-se assegurar uma melhor fixação da cadeira ao automóvel e reduzir o risco de erros na instalação. Também obriga a uma melhor compatibilidade entre o carro e a cadeira.

Por enquanto, fica mais barato optar pelos modelos da norma antiga e há opções bastante seguras para todos os grupos. Como não é possível garantir que um determinado sistema ou solução é melhor, antes de comprar uma cadeira, verifique os resultados dos nossos testes e siga as nossas escolhas acertadas em todos os grupos.