Notícias

Cadeira auto: bebés com displasia da anca já têm transporte seguro

05 setembro 2014 Arquivado

05 setembro 2014 Arquivado

Chegou a primeira cadeira auto adaptada a bebés com displasia da anca. Chama-se Opal HD e é da Bébé Confort. Até agora, a solução era elevar a anca com uma almofada sobre o assento da cadeira.

Um bebé com displasia da anca (cabeça do fémur fora da posição normal) precisa de manter as pernas totalmente afastadas enquanto dura o tratamento. Numa cadeira auto normal é muito difícil acomodar a criança, porque a cadeira não permite afastar as pernas. A Opal HD tem mais espaço para os membros inferiores, um sistema rotativo de mudança de posição e um colchão que mantém as costas direitas. Logo, é mais confortável.

Com esta cadeira, o bebé poderá viajar com mais segurança. Até agora, só havia uma opção: colocar uma sobre-elevação no fundo do assento, por exemplo uma almofada, para o bebé ficar mais alto e ganhar espaço para as pernas. O problema é que nestas condições a cadeira não apresenta o mesmo nível de segurança. Numa colisão lateral a criança está menos protegida, por estar avançada em relação às abas laterais da cadeira. Numa colisão frontal também, porque o cinto não está na posição ideal.

Esta cadeira não está à venda, mas é possível requisitá-la através de um serviço de aluguer ou de empréstimo durante o período de tratamento. O empréstimo está disponível para quem já é cliente da marca. Os outros terão de alugar. Consulte a marca para saber mais sobre o serviço para segurança da anca.

A displasia da anca pode ser tratada com aparelhos ortopédicos amovíveis ou fixos ou com cirurgia. A duração do tratamento é muito variável.



Imprimir Enviar por e-mail