Notícias

Etiqueta energética mais simples a partir de 2019

03 julho 2017
nova etiqueta energética

03 julho 2017
A rotulagem energética de produtos e equipamentos passa a reclassificar-se entre A e G a partir de 2019. Será mais fácil identificar os equipamentos mais eficientes.

A unificação da escala - para acabar com a designação ‘A+’, ‘A++’ e ‘A+++’ e utilizar apenas ‘A’ como ‘mais eficiente’ – tinha vindo a ser defendida por nós junto da União Europeia através da Organização Europeia dos Consumidores, que nos representa. Agora, o Parlamento Europeu aprovou novas regras que determinam a existência de uma escala unificada na categoria mais eficiente, a partir de 2019.

O que muda

A rotulagem energética de produtos e equipamentos, como máquinas de lavar, televisões e frigoríficos passa a classificar-se entre A (mais eficiente) e G (menos eficiente).

A partir de 2019, haverá uma base de dados dos produtos obrigados a rotulagem energética, permitindo aos consumidores acederem às respetivas fichas de informação e etiquetas energéticas.

Através da mesma base de dados, é possível um maior controlo e fiscalização de produtos e equipamentos por parte das autoridades.

A medida beneficia os consumidores porque pode ajudar na escolha de um produto ou equipamento de melhor eficiência energética e, assim, poupar energia. Além disso, com a nova medida, a União Europeia quer promover a inovação e o fabrico que sejam mais eficientes do ponto de vista energético.


Imprimir Enviar por e-mail