Dicas

Detergente para roupa: em pó ou líquido, acerte na utilização

16 junho 2015

16 junho 2015

Qual o melhor detergente: em pó ou líquido? Posso confiar nas doses recomendadas? Os ciclos frios resultam mesmo? Respondemos às suas dúvidas sobre detergentes para a roupa.

Início

Regra geral, os ingredientes usados nos detergentes em pó e líquidos são muito semelhantes. A principal diferença é que os primeiros precisam de um aditivo que garanta a fluidez, o bom escoamento, a alta solubilidade e impeça a aglomeração e a degradação do pó, enquanto os segundos incorporam um ou mais agentes conservantes. Hoje em dia, pode encontrar bons produtos em cada uma das categorias. O nosso teste a detergentes mostra que, com a nossa Escolha Acertada, bastam € 30 para lavar a roupa suja durante 1 ano.

Detergentes em pó e tabletes
Pontos fortes e fracos 
Menor impacto ambiental, por não conter agentes conservantes e por ser vendido em embalagem de cartão, facilmente reciclável.
Maior estabilidade dos tensioativos e agentes de branqueamento do que nas versões líquidas, podendo manter o bom desempenho da limpeza por mais tempo.

Deixam vestígios na roupa em caso de sobredosagem ou carregamento excessivo da máquina, especialmente em roupa de cores vivas.
A humidade pode acumular-se e criar "torrões" de detergente, pelo que convém fechar bem e guardar em local seco.


Detergentes em gel, líquido e cápsulas
Pontos fortes e fracos 
Menos agressivo para as cores, pode ser usado diretamente no pré-tratamento das nódoas.
Os concentrados são melhores. As versões "normais" chegam a conter 80% de água e tendem a deixar mais resíduos na roupa.

Os líquidos asseguram melhores resultados para as peças de cor, não sendo necessário ter em casa um detergente específico para esses tecidos.
Quando o líquido é colocado na gaveta, parte pode escoar pelo tubo de descarga sem ter sido usado na lavagem. Aconselhamos que se coloque o detergente na bola doseadora, diretamente no tambor sobre a roupa.
Muitos consumidores já trocaram as grandes e pesadas embalagens de cartão por versões em cápsulas e líquidas concentradas, que temos testado nos últimos anos. Ainda assim, os tradicionais detergentes em pó continuam a ser interessantes, com bons desempenhos a eliminar algumas nódoas difíceis, como a gordura, o sangue, o chocolate ou o vinho. Se procura uma brancura total, a maioria também consegue bons resultados.

O mesmo não se aplica na proteção das cores, sendo este o grande ponto fraco das versões em pó. Mas é possível minimizar os danos. Vire as peças escuras do avesso e use a dose recomendada de detergente. Regra geral, os detergentes líquidos respeitam mais as cores. Pode optar por aplicar o detergente líquido nas cores vivas e/ou escuras e a versão em pó na roupa mais clara ou branca.


Imprimir Enviar por e-mail