Notícias

Sistema da Míele AutoDos para poupar detergente não convence

O AutoDos adapta a dose de detergente ao programa da máquina de lavar loiça. Apesar de eficaz, não ficámos convencidos de que valha o investimento.

  • Dossiê técnico
  • Pedro Lucas e Teresa Belchior
  • Texto
  • Inês Lourinho
30 outubro 2019
  • Dossiê técnico
  • Pedro Lucas e Teresa Belchior
  • Texto
  • Inês Lourinho
Máquina da loiça aberta com dispensador de detergente à mostra

Míele

A Míele anuncia o AutoDos como um sistema que fornece a quantidade certa de detergente para o programa ou as diversas fases do programa. Basta comprar um disco de detergente dito PowerDisk: a versão de 400 gramas custa 9,99 euros e, diz a marca, dura 20 lavagens, enquanto um conjunto de seis discos com este peso fica por 54,99 euros.

Mas o consumidor pode também usar o detergente habitual, pois as máquinas equipadas com o AutoDos trazem ainda uma gaveta para o produto normal.

Sistema Míele AutoDos funciona?

Bem, as máquinas da Míele já são bastante competentes na lavagem da loiça. Com o disco de detergente, os resultados são um pouco melhores no programa normal e francamente superiores nos programas económicos. Feitas as contas, o desempenho na lavagem está mesmo alguns furos acima.

E na secagem? Aqui, as diferenças não são tão constantes. Em duas das máquinas testadas, os resultados foram superiores, tanto no programa principal, como nos económicos. Mas, no terceiro aparelho, o desempenho não se mostrou tão exemplar no caso das peças em cerâmica, e isto em todos os programas. Já nos ciclos económicos, as peças de plástico foram pelo mesmo caminho.

Em termos de consumo, anda ela por ela. Os valores estão em linha com os registados quando usado o detergente normal. A facilidade de utilização também não mexe. Afinal, continua a ser necessário arrumar a loiça na máquina e o disco de detergente à mão. Ainda assim, a inserção do disco não é especialmente complicada.

Máquina com doseador automático fica mais cara

Ponderados todos os critérios, as três máquinas testadas atingiram uma Qualidade Global de 70 por cento. Uma tal classificação faz disparar as dúvidas: não existe nenhuma máquina que supere esta marca? Comparando com outros modelos da marca, verificamos que existem opções idênticas, inclusive mais baratas. Mas também se encontram alternativas na concorrência. Valerá, então, a pena pagar mais por uma máquina de lavar loiça apenas para ter um doseador automático, que, por sua vez, implica um custo acrescido no que respeita a detergente? A Escolha Acertada, o Sun Tablets All In One Extra Power, custa 20 cêntimos por lavagem, ao passo que o produto da Míele mais do que duplica este valor, atingindo cerca de 50 cêntimos. Se tomarmos como termo de comparação o detergente com o título de Mais em Conta, o Finish All In 1 Plus Regular, a diferença agrava-se. São 12 cêntimos contra os mesmos 50 cêntimos. Veja os resultados e todas as contas no comparador de detergentes para a máquina da loiça.

Não ficámos convencidos. O sistema AutoDos pode poupar detergente e atingir um bom desempenho. Mas implica um maior investimento na compra do aparelho e recorre a detergente mais caro. Se precisa de um aparelho para lavar a loiça lá de casa, espreite as alternativas no comparador de máquinas de lavar loiça.

 

Este artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais se for indicada a fonte e contiver uma ligação para esta página. Ver Termos e Condições.