Notícias

Cápsulas compatíveis não afetam durabilidade da máquina de café

04 fevereiro 2016
Cápsulas compatíveis não afetam durabilidade da máquina de café

04 fevereiro 2016

Para acabar com as dúvidas, selecionámos 2 máquinas de sistema Nespresso, a Lattissima e a Inissia. Conclusão: as máquinas resistem, o sabor convence e pode poupar 110 euros, por ano, se trocar as cápsulas Nespresso pelas do supermercado.

Início

Os resultados num laboratório independente não enganam. Testámos os critérios numa prova equivalente a dois anos e meio de utilização real, tal como fazemos em casa.

Teste de 2015 revelou poucas diferenças no sabor

Numa das máquinas com sistema Nespresso, usámos cápsulas Nespresso e noutra, cápsulas do Continente. Perante a grande oferta de cápsulas compatíveis, escolhemos um formato representativo. Testámos da marca Continente, mas as conclusões podem aplicar-se aos restantes modelos de cápsulas compatíveis.

Objetivo: testar a durabilidade da parte mecânica da máquina (a força necessária para perfurar a cápsula) e a resistência dos fatores técnicos da máquina (volume, tempo, consumo e temperatura do café). Também examinámos o sabor e a sua evolução.

De acordo com o nosso painel de provadores, o café Nespresso é ligeiramente melhor do que o do Continente. Ao longo dos 1 700 cafés, a qualidade do café preparado mantém-se.
De acordo com o nosso painel de provadores, o café Nespresso é ligeiramente melhor do que o do Continente. Ao longo dos 1 700 cafés, a qualidade do café preparado mantém-se.
Pressão para furar 1700 cápsulas
O nosso cenário equivale a dois anos e meio de utilização em casa do consumidor, com 2 apreciadores de café a beber 1 café por dia. São 1700 cafés em cada máquina para dizer se o alumínio e o plástico da cápsula compatível são mais duros do que os materiais propostos pela marca da máquina. 

Medimos a força para furar a cápsula número um e repetimos a verificação na última cápsula do nosso teste. A força necessária não varia muito. E não registámos danos no sistema ou mesmo nas cápsulas.

Teste o sabor
E o sabor do café? É muito diferente com uma cápsula de marca branca? Os cafés Nespresso agradaram um pouco mais do que os Continente ao nosso painel. Nunca revelámos a marca a provar. Mas as diferenças ao longo do teste são tão ténues que podem estar ligadas ao tipo de máquina, não de cápsula.

No início e no fim das 1700 cápsulas, as notas da prova de degustação são as mesmas. Por isso, faça a sua primeira prova e veja se lhe agrada. O sabor será constante. O paladar decide, mas deixamos um argumento para a carteira: pode poupar €110 num ano se trocar as cápsulas da Nespresso pelas do supermercado; € 266 em dois anos e meio, o cenário do nosso teste. Se abdicar do café na pastelaria e usar a máquina de casa, a poupança ultrapassa os 700 euros.