Guia de compras

Máquinas de café de filtro: guia de compras

22 novembro 2016
Como comprar máquinas de café de filtro

22 novembro 2016
Os modelos com jarro de vidro mantêm o café quente durante algum tempo após a preparação. Nos modelos com jarro térmico, a máquina desliga-se assim que o café fica pronto e o jarro mantém uma boa temperatura.
As máquinas de café de filtro conseguem preparar grandes quantidades de café e por um preço muito baixo: 10 a 12 cêntimos por chávena. Custam a partir de € 12,99 e implicam a compra frequente de filtros.

Nestas máquinas, a água começa por ser aquecida no reservatório de água e depois jorra, gota a gota, para o jarro, através do filtro que contém o café. Um bom café de filtro ronda os 85°C quando sai da máquina.

Nos modelos com jarro de vidro, este assenta sobre uma placa, que recorre a ciclos de aquecimento para manter o café quente durante algum tempo após a preparação. Nos modelos com jarro térmico, a máquina desliga-se assim que o café fica pronto, porque o jarro consegue manter uma boa temperatura. Alguns modelos incluem um jarro extra, que permite transportar a bebida para o trabalho, por exemplo.

O grande trunfo destas máquinas face às máquinas de café de cápsulas é a poupança: cada chávena de café de cápsula custa, no mínimo, mais do dobro. Por outro lado, se deixar a resistência de uma máquina de filtro ligada para manter o café quente, o consumo de energia é maior do que o das outras opções e um terço do líquido pode evaporar.

O método do filtro permite conservar o gosto e aroma autênticos do café. Os filtros podem ser de diferentes tamanhos e de dois tipos: permanentes (de plástico ou metal, laváveis e reutilizáveis) ou de papel (descartáveis). Na escolha de uma máquina, há outras funções que podem ser importantes, como o temporizador (para programar a hora de ter o café pronto) ou o “aroma seletor”, que permite alterar intensidade do café.

Imprimir Enviar por e-mail