Teste a frigorificos

Como escolher um frigorífico

Ajudamos a escolher o modelo mais adequado para si.

Capacidade, consumo e ruído são alguns dos aspetos a ter em conta ao comprar um frigorífico. Antes, decida qual é o modelo mais adequado às suas necessidades. Saiba como escolher.

Guia de compras

Principais características

O frigorífico é, provavelmente, o aparelho mais importante na cozinha, que está sempre ligado à corrente. Além da preocupação com a classe energética para poupar energia, é necessário escolher o melhor equipamento para as necessidades.

Em condições normais, no inverno, a temperatura varia entre 16 e 21°C em casa. Caves ou garagens podem atingir temperaturas de 10°C. Decida com base no sítio e na utilização do frigorífico. 

Estes são os aspetos a considerar antes de comprar um frigorífico.

  • Capacidade: verifique sempre o interior do frigorífico (dependendo do número de refeições que faz em casa e das vezes que vai às compras, para uma pessoa pode ser suficiente um volume de 100-150 litros e para 2 a 4 pessoas de 220 a 280 litros).
  • Consumo: na etiqueta, além da classe energética, há também o consumo elétrico (em KWh).
  • Ruído: verifique os decibéis na etiqueta para não comprar um frigorífico demasiado ruidoso.
  • No frost: é muito importante que o congelador não tenha gelo. Este sistema impede a acumulação de gelo na zona de congelação e evita a necessidade de descongelação frequente do equipamento.
  • Ventilação. O sistema de frio ventilado/dinâmico melhora a circulação do ar refrigerado no interior do frigorífico, ao permitir que o frio seja homogéneo em todas as zonas. Nos modelos sem esta função, a zona mais fria tende a situar-se acima da gaveta dos legumes. 
  • Termóstatos: é melhor se houver dois termóstatos separados para poder ajustar o frigorífico e o congelador separadamente.
  • Super freeze e super cool (congelação ou refrigeração rápida): é uma função que permite aumentar o frio interno mais rapidamente, ideal para quando introduzimos grandes quantidades de novos alimentos no frigorífico ou no congelador.
Voltar ao topo

Modelos disponíveis

Frigorífico de uma porta 
Modelo sem congelador. Ideal para combinar com um congelador vertical ou outro equipamento com congelador.

Frigorífico de duas portas
Está equipado com um compartimento frigorífico e um compartimento congelador (geralmente quatro estrelas). O compartimento do congelador fica separado do resto, na parte superior. O compartimento do frigorífico costuma ser o maior, com prateleiras e gavetas multifuncionais. Os modelos mais tecnológicos têm as caixas de frutas e vegetais e uma zona fria para carne e peixe. Por norma, o congelador é sempre mais pequeno do que o frigorífico, mas há modelos de duas portas com 185 cm e com as mesmas capacidades dos frigoríficos combinados. 

Combinados
Os aparelhos combinados têm o compartimento do congelador na parte inferior, quase sempre dividido em três gavetas independentes. Desta forma, consegue encontrar com mais facilidade os diferentes alimentos congelados, mas não conseguirá armazenar alimentos muito grandes. Estes modelos, geralmente, são vendidos com recursos avançados (sistema no frost, super freeze e super cool para frigorífico e/ou compartimento congelador).

Americanos (side-by-side)
 Para se definir como "americano", um frigorífico deve ter grandes dimensões (um aspeto a ser tido em consideração na escolha). Um destes modelos tem duas portas lado a lado: uma que permite o acesso aos compartimentos do frigorífico e outra aos do congelador. São modelos caracterizados por uma alta capacidade, geralmente superior a 400 litros, e que, por esse motivo, acabam por chegar a ocupar até um metro de largura. 

Congeladores de uma porta
São úteis se pretende armazenar muitos alimentos em casa. Escolha um aparelho com uma boa capacidade de congelação e verifique o espaço necessário para a instalação. 
Voltar ao topo

Quantas estrelas no congelador

Representam o prazo máximo de conservação dos alimentos, tendo em conta a capacidade de produzir frio dos congeladores. Existem diversas capacidades de congelação, sendo que a maioria dos modelos disponíveis do mercado já é de 4*.

* temperatura até -6ºC. Conserva congelados até 1 semana.
** temperatura até -12ºC. Conserva congelados até 1 mês.
*** temperatura até -18ºC. Permite conservar alimentos previamente congelados até 1 ano.
**** temperatura entre -18º e -24ºC. Os únicos que permitem congelar alimentos.

Já a classe climática permite identificar se um aparelho funcionará em boas condições no local onde será instalado, segundo o intervalo de funcionamento à temperatura ambiente:

  • SN = temperatura ambiente entre 10ºC e 32ºC;
  • N = 16ºC a 32ºC;
  • ST = 18ºC a 38ºC;
  • T = 18ºC a 43ºC.

Alguns modelos pertencem a classes alargadas:

  • SN/ST = 10 a 38°C;
  • SN/T = 10 a 43°C.
Voltar ao topo

Marcas mais fiáveis

Ao comprar um frigorífico, não se foque apenas no preço. Além do custo de utilização e do desempenho ambiental, escolha marcas fiáveis com menor risco de avarias. 

No nosso inquérito online sobre eletrodomésticos, cerca de 10% dos inquiridos observaram problemas na função no frost, na estabilidade da temperatura, no fecho da porta e na luz interior nos seus frigoríficos de 2 portas. Hoover, Daewoo e Selecline são as marcas com maior risco de avaria. O frigorífico com duas portas, a maioria das vezes combinado (60%), com o compartimento de refrigeração em cima e o de congelação em baixo, equipa a cozinha de oito em 10 inquiridos. Apenas 9% têm um modelo do tipo americano.

Nove das 34 marcas de frigoríficos com duas portas para as quais obtivemos respostas no inquérito registaram cinco estrelas na fiabilidade. 

Voltar ao topo

Eficiência energética

Escolher equipamentos mais eficientes e fazer um bom uso deles e da energia são passos essenciais para diminuir a pegada ecológica. 

Muitos consumidores consideram que a etiqueta energética é útil e de confiança. No entanto, nem sempre compram equipamentos eficientes porque pensam que são mais caros, como revelaram no nosso inquérito sobre a eficiência energética. As respostas também revelaram que nem sempre são seguidos os melhores comportamentos em casa para reduzir o consumo de água, eletricidade e gás.

Mas comprar um frigorífico mais eficiente, mesmo que seja mais caro na altura da compra, normalmente é uma boa opção. Um modelo de melhor classe energética pode ser mais caro na loja, mas compensar a longo prazo pela poupança que vai conseguir fazer.

Voltar ao topo

Questões frequentes

Respondemos às principais dúvidas sobre frigoríficos.

Como funciona o frigorífico?

O frigorífico tem a função de conservar os alimentos a baixas temperaturas, extraindo o calor e expelindo-o. O ciclo de refrigeração inicia-se com a compressão de um gás refrigerante num compressor, que passa rapidamente pelas bobinas de um condensador, assumindo o estado líquido. De seguida, o calor do compartimento é absorvido num evaporador depois de reduzida a pressão graças a uma válvula termostática. Finalmente, em estado gasoso, regressa de novo ao compressor.

Qual o consumo energético de um frigorífico?

Para saber quanto gasta em média, por ano, com um frigorífico, é importante ler atentamente a etiqueta energética do produto. Na escala, A é mais eficiente e G menos eficiente. Use também alguns truques de poupança: evite estar sempre a abrir o frigorífico e limpe-o a cada seis meses para melhorar o desempenho. 

Como regular a temperatura do frigorífico?

A temperatura do frigorífico é ajustada por um termostato. Por norma, a temperatura ajusta-se automaticamente, mas por vezes pode estar muito alta ou não ser adequada às condições climáticas exteriores. Nesse caso, regule a temperatura diretamente no seletor (eletrónico ou manual, consoante o modelo do frigorífico).

Qual é a zona mais fria do frigorífico?

É a prateleira mais baixa, imediatamente por cima das gavetas para os legumes. É ideal para guardar carnes, peixes e todos os alimentos crus.
Voltar ao topo