Cartas-tipo

Recusa de pagamento de reparação não autorizada

14 fevereiro 2017
carta-tipo

14 fevereiro 2017
Se o valor orçamentado e o da reparação forem diferentes, não pague a diferença. Reclame por escrito.

Início

Por correio registado ou e-mail, uma reclamação por escrito serve de prova e pode ser decisiva para resolver o seu conflito. Identifique bem quem envia, o destinatário e a data e exponha claramente os factos. Guarde cópias do envio.

Assunto: Reparação não autorizada

Exmos. Senhores,

No passado dia 2 de julho, detetei uma avaria no meu frigorífico, pelo que contactei os vossos serviços, solicitando a sua reparação. No dia seguinte, deslocou-se a minha casa um dos vossos técnicos, o Sr. Armindo Teixeira, que, após exame detalhado ao aparelho, concluiu que o defeito tinha origem no motor e me entregou um orçamento para reparação da avaria no valor de € 90 (noventa euros). Rubriquei o original do orçamento, para confirmar a sua aceitação, e o frigorífico foi levado para as vossas instalações, onde foi reparado.

No entanto, para minha surpresa, o funcionário que veio entregar o aparelho apresentou-me uma fatura no valor de € 120 (...).

Ver carta-tipo completa


Imprimir Enviar por e-mail