Primeiras impressões

Easybread: pão por cápsulas fica muito caro

16 março 2015 Arquivado

16 março 2015 Arquivado

A Easybread é fácil de utilizar, garante um bom resultado e é segura do ponto de vista do isolamento térmico. Mas o custo final do pão é demasiado caro.

Início

Tal como as máquinas de café com cápsulas, a Easybread utiliza o mesmo conceito numa máquina de pão. Está à venda nos supermercados Pingo Doce, por 99 euros.

Como funciona a Easybread

O conteúdo da cápsula que, na verdade, mais parece um pequeno pacote, é semelhante a uma farinha pré-preparada. Basta adicionar água morna ao reservatório da máquina, colocar a cápsula, carregar no botão start e o pão começa a ser feito.
A Easybread aplica o conceito das máquinas de café com cápsulas a uma máquina de pão.
A Easybread aplica o conceito das máquinas de café com cápsulas a uma máquina de pão.
As cápsulas para a Easybread estão disponíveis para vários tipos de pão, a partir de 1,99 euros.
As cápsulas para a Easybread estão disponíveis para vários tipos de pão, a partir de 1,99 euros.
Pontos fortes e fracos
Fácil e prática de utilizar

Sucesso garantido no pão produzido e variedade de pão

Equipamento seguro e com ótimo isolamento térmico
Custo elevado de utilização, devido ao preço da cápsula

Dimensão do pão limitada a 500 g

Só permite preparar pão, e não massa para piza, fresca ou compota, como as máquinas de pão tradicionais