Guia de compras

Como escolher o forno

Do lado esquerdo, um conjunto de 6 modelos de fornos pirolíticos, empilhados três sobre três. Ao centro, em destaque, a porta de um destes modelos encontra-se aberta e é segurada por uma senhora, à direita, que observa o interior do forno em questão.

O que lhe dói menos gastar? Se dá valor ao conforto, opte por um bom forno pirolítico, que (quase) se limpa sozinho. Se prefere o dinheiro, terá de escolher um modelo de limpeza manual.

Se não aprecia faxinas épicas e dispõe de orçamento elástico, pode ser boa ideia um forno pirolítico, que faz o favor de se limpar sozinho... se descontarmos uma suave passagem com um pano húmido, para retirar as sujidades carbonizadas pelas altas temperaturas. Os cerca de 500ºC que a limpeza pirolítica atinge fazem também disparar o consumo elétrico. Contudo, esta função só deve ser usada de tempos a tempos, segundo as indicações do fabricante. Alguns recomendam-na a cada dois ou três meses, outros a cada dez utilizações. O melhor é conferir no manual de instruções. No geral, os fornos pirolíticos são equipamentos com desempenho superior aos de limpeza manual. O uso é intuitivo e o preço médio ronda os 490 euros.

Não podendo esticar o orçamento até estes valores, mesmo que não lhe agrade raspar gordura e restos de comida, a solução será um forno de limpeza manual. A facilidade de utilização sai penalizada, mas o inconveniente é compensado com um preço médio na ordem dos 300 euros.

Temperatura estável, rigorosa e bem distribuída

Em qualquer forno, temperatura rigorosa e estável é condição essencial para controlar o sucesso dos cozinhados. Por vezes, basta um desvio de 20ºC, a mais ou a menos, para comprometer o resultado desejado. No geral, os modelos pirolíticos são mais competentes. Muitos fornos de limpeza manual não cumprem este básico, e não é por incluírem seletor de temperaturas que o caso muda de figura. Com algum tempo de uso, pode aprender a compensar os desvios. Se forem, por hipótese, de 20ºC, some ou corte este valor no seletor. Aliás, se usar a função de ventilação forçada, que permite distribuir melhor o calor, terá mesmo de baixar 20 a 25ºC.

Mas esta característica não basta. O calor deve chegar a todas as áreas do forno com igual intensidade, para que peças de maiores dimensões sejam uniformemente cozinhadas. Se notar que o seu forno não promove a boa distribuição do calor, use alguns truques. Com um termómetro de cozinha, que vem com certos fornos, faça medições em vários pontos, para descobrir as diferenças, e procure depositar os preparados nos locais mais favoráveis. Trata-se, no entanto, de uma solução de recurso, aplicável se quiser manter o forno. O ideal é ter um equipamento que distribua e mantenha a energia térmica, e isso só o nosso comparador pode dizer-lhe antes da compra.

Funções importantes num forno

Cumpridos os básicos, pode deixar-se levar por funções e botões. Comandos e seletores em versão digital tendem a oferecer mais precisão do que na forma mecânica. Um temporizador evita que os preparados fiquem no forno mais ou menos do que o necessário. Se for possível programá-lo para arrancar a determinada hora, tanto melhor. Por sua vez, as calhas telescópicas tornam o manuseamento de grelhas e tabuleiros mais estável e, logo, mais seguro. Uma função de descongelação pode ser também de grande utilidade.

Ainda importante é a presença de ficha na extremidade do cabo. Muitos fornos são vendidos com o fio descarnado, requerendo depois instalação profissional. Para evitar este incómodo, nada como certificar-se de que o cabo elétrico é rematado com ficha.

Em todos os fornos pirolíticos testados, é possível retirar a porta para uma limpeza mais profunda. Também os há que permitem desmontar os componentes e os vidros da porta. O objetivo? Limpar ainda melhor. Nos restantes modelos, garanta igualmente que a porta, o vidro e outros elementos são amovíveis, para lhe facilitar a limpeza.

Ainda um conselho: no caso dos fornos pirolíticos, procure saber se a potência elétrica contratada que tem em casa admite um equipamento com estas características a funcionar em simultâneo com os outros eletrodomésticos.

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.