Imagem de um equipamento de ar condicionado cinzento de parede e outro ar condicionado cinzento de ventoínha por trás

Ar condicionado: guia de compras

Confirme as dimensões da divisão onde vai instalar o ar condicionado para adaptar a potência do equipamento. Os aparelhos inverter são dos mais eficientes. Saiba como escolher.

Guia de compras

Principais características

Antes de comprar um aparelho de ar condicionado, escolha a potência adequada à divisão onde vai instalá-lo. Tenha em conta, por exemplo, o volume da divisão, a ocupação, a exposição solar ou o tipo de construção. Se a potência for baixa, não conseguirá arrefecer ou aquecer em condições e o aparelho funcionará em esforço. Muito elevada, a eficiência diminui e desperdiça dinheiro.

Os aparelhos de ar condicionado do tipo inverter são uma das soluções mais eficientes para climatizar a sua habitação. Arrefecem e aquecem rapidamente, com menos flutuações de temperatura, e desumidificam o ar. Podem ser usados apenas como ventoinha. Além disso, são silenciosos e oferecem a possibilidade de serem programados e, em alguns modelos, controlados remotamente.

Cuidado com o preço: o mesmo aparelho pode custar mais umas centenas de euros, consoante a loja. Tenha em conta o custo da instalação. Os valores variam com o tipo de construção da casa, a dificuldade de montagem e a distância em relação à loja. Compare os modelos e os preços no nosso comparador.

Voltar ao topo

Funções úteis

Antes de comprar um aparelho de ar condicionado, verifique as funções úteis disponíveis.

O modo económico, por exemplo, permite reduzir a potência quando a temperatura é estabilizada, poupando energia. O modo noturno reduz ou aumenta gradualmente a temperatura (conforme seja inverno ou verão), ao longo da noite, até desligar o aparelho. O modo turbo ativa, por instantes, a potência máxima no início do aquecimento ou arrefecimento para obter rapidamente a temperatura de conforto.

Programar o aparelho para funcionar 30 minutos antes de chegar a casa ou desligar à noite é uma função prática e que permite poupar energia. Mas evite manter o equipamento ligado quando não há ninguém na divisão. O modo inteligente deteta a presença de utilizadores e aciona o funcionamento. Se sair da sala, desliga-se.

O alerta para limpar ou mudar o filtro também é útil: a limpeza melhora a qualidade do ar e a eficiência.

Voltar ao topo

Instalação do aparelho

A instalação destes equipamentos deve ser feita por técnicos ou empresas certificadas. Compre o aparelho em lojas que garantem a instalação ou indicam o instalador. Na instalação feita pelo vendedor ou alguém ao seu serviço, os defeitos são abrangidos pela garantia do aparelho, em geral de 2 anos.

Se a instalação for executada por terceiros, não propostos pelo vendedor, o instalador responde pelos problemas. Em caso de defeito na entrega, rejeite a instalação ou aceite-a sob reserva. Estes direitos mantêm-se para os defeitos detetáveis até 2 anos.

Caso o vendedor ou o instalador não resolvam o problema de imediato, reclame por carta registada com aviso de receção. Casos mais problemáticos são resolvidos nos centros de arbitragem de conflitos de consumo ou nos julgados de paz.

Verifique o espaço para instalar a unidade interior e exterior e a distância entre as mesmas. As distâncias mínimas e máximas (horizontais e verticais) indicadas pelo fabricante devem ser obrigatoriamente respeitadas. Instale a unidade exterior ao abrigo do sol e num local arejado.

Voltar ao topo

Limpeza e cuidados a ter

O aparelho de ar condicionado requer cuidados periódicos. Siga as instruções ao limpar os filtros e as grelhas. Operações mais complexas, como procurar fugas, proceder à recarga e verificar o sistema elétrico, devem ser feitas por técnicos devidamente qualificados para o efeito.

Pode pedir o serviço a uma empresa ou contratar manutenção a longo prazo para um acompanhamento mais frequente, mas antes sonde o preço e as condições.

A limpeza dos filtros deve ser feita de acordo com as indicações dadas pelo fabricante do aparelho. Na sua ausência, o ideal é que limpe os filtros em cada duas semanas, para otimizar a qualidade do ar interior e não comprometer o desempenho do aparelho. Se não conseguir cumprir com esta periodicidade, faça-o, pelo menos, a cada mudança de estação. Peça a um profissional para verificar, pelo menos uma vez a cada dois anos, o estado da máquina exterior, tubagens, conexões e carga de gás.

Verifique regularmente os pontos de fixação da unidade exterior: tem de estar direita e estável. O mesmo para a unidade interior.

Fechar as portas e janelas, correr os estores quando o sol bate, regular a temperatura (22ºC no Inverno e 25ºC no Verão), ou desligar o aparelho quando não está ninguém em casa, poupa energia e o ambiente.

Voltar ao topo

Eficiência energética

À partida, os equipamentos com melhor classe energética apresentam consumos anuais mais baixos. Verifique este aspeto no nosso comparador, para ter uma visão mais realista do consumo.

Escolha um aparelho de ar condicionado com o nosso título de Escolha Acertada. Desta forma, vai estar não só a comprar um bom aparelho como a poupar no momento da compra e na fatura da eletricidade.

Voltar ao topo

Questões frequentes

Respondemos às principais dúvidas sobre ar condicionado.

É melhor um ar condicionado portátil ou fixo?

Em geral, os aparelhos de ar condicionado portátil são menos eficientes. Para que o calor saia da divisão, é necessário deixar uma abertura (para a passagem do tubo), o que compromete o ar da sala. Os modelos portáteis são, regra geral, mais ruidosos e apresentam uma menor facilidade e conforto de utilização que os modelos fixos.

Qual é a temperatura adequada num ar condicionado?

A temperatura ideal de uma divisão, durante o ano inteiro, ronda os 22 a 25°C. Deve-se, assim, evitar que a temperatura seja regulada para valores muito altos ou baixos face à temperatura exterior (6°C ou mais), pois aumenta o consumo de energia e pode levar a uma utilização desconfortável.

É perigoso ligar o ar condicionado por causa da covid-19?

Segundo a Direção-Geral da Saúde, o risco de utilizar ar condicionado é "muito baixo", desde que a manutenção seja feita e que haja renovação do ar dos espaços fechados. Nas habitações, os aparelhos de ar condicionado climatizam o ar interior e, desde que sejam mantidos em boas condições e que exista uma correta renovação do ar interior, a sua utilização não implica nenhum risco adicional.

Voltar ao topo