Dicas

Ar condicionado: qual a potência necessária?

Está a pensar comprar um novo aparelho de ar condicionado? A primeira pergunta que deve fazer não é “quanto custa?”, mas sim “qual a capacidade adequada às minhas necessidades?”. Saiba como calcular a capacidade ideal para a divisão que pretende climatizar.

ar condicionado

iStock

Consultar a lista de especificações técnicas de um aparelho de ar condicionado pode ser um bicho-de-sete-cabeças. Os nomes complexos e as diferentes unidades para medir a capacidade do equipamento (kW, BTU, etc.) tornam a escolha difícil e podem levar os mais incautos a tomar uma decisão errada. Saber calcular a potência necessária para a divisão onde pretende instalar o aparelho é, por isso, essencial. No entanto, lembre-se de que os aparelhos de ar condicionado se caracterizam pela sua capacidade (potência) para arrefecer e aquecer as divisões e que esta pode ser influenciada por vários fatores (tipo de divisão, número de aparelhos elétricos, etc.). Por isso, para escolher a capacidade mais adequada às características do espaço a climatizar e tirar o maior proveito do equipamento, deve solicitar apoio a um técnico especializado. 

No nosso comparador, revelamos quais os aparelhos com selo Melhor do Teste, Escolha Acertada, Mais em Conta e Escolha Verde com potência entre 2.5 kW e 3.5 kW.

As nossas recomendações de ar condicionado

58 Qualidade
média
Mais
em conta
Ar condicionado
a partir de  429,00
SUBSCREVER Já é subscritor? Entrar
71 Boa
qualidade
Escolha
acertada
Ar condicionado
a partir de  775,00
SUBSCREVER Já é subscritor? Entrar
71 Boa
qualidade
Escolha
verde
Ar condicionado
a partir de  932,66
SUBSCREVER Já é subscritor? Entrar
71 Boa
qualidade
Escolha
verde
Ar condicionado
a partir de  984,02
SUBSCREVER Já é subscritor? Entrar
76 Muito boa
qualidade
Melhor
do teste
Ar condicionado
a partir de  1 031,00
SUBSCREVER Já é subscritor? Entrar
69 Boa
qualidade
Escolha
acertada
Ar condicionado
a partir de  1 094,00
SUBSCREVER Já é subscritor? Entrar

Qual a potência de ar condicionado ideal?

A capacidade (potência) de um aparelho de ar condicionado para aquecer e arrefecer é, na maioria dos casos, apresentada em quilowatts (kW), mas também pode estar expressa em BTU/h (British Thermal Units por hora). 

A potência necessária para determinada divisão dependerá de vários fatores, tais como a superfície e a altura da divisão, a localização geográfica da casa, a orientação, o isolamento das paredes e janelas ou a forma como os habitantes ocupam a sala, entre outros. Contudo, para fazer um cálculo rápido que permita perceber, de uma forma aproximada, a capacidade adequada à geometria da divisão, basta ter em consideração a superfície e a altura da sala.

No caso da capacidade para arrefecimento, ao multiplicar a área da sala pela sua altura e por 45, obtém-se a potência necessária em watts. Ou seja: potência necessária para arrefecimento (W) = 45 x Largura (m) x Comprimento (m) x Altura (m). Se preferir obter BTU, em vez de multiplicar por 45, deve fazê-lo por 150. Assim, por exemplo, para uma sala de 10 metros de comprimento, 4 de largura e 2,5 metros de altura, o cálculo seria o seguinte: potência necessária (W)= 45 x 10 (comprimento) x 4 (largura) x 2,5 (altura) = 4500 W = 4,5 kW = 15500 BTU. Tendo em conta apenas estas características, um aparelho com uma capacidade de 4,5 kW deverá ser suficiente para arrefecer o espaço.

Pode ainda aperfeiçoar este cálculo e ter em conta os seguintes detalhes:

  • se a divisão não receber muita luz solar, reduza a potência em 10 por cento;
  • se, por outro lado, a divisão receber muita luz solar, aumente a potência em 15%, se estiver voltada para sul, ou em 10%, se estiver voltada para este ou oeste;
  • se a divisão estiver ocupada por mais do que uma pessoa regularmente, adicione 600 BTU por pessoa;
  • se a divisão em questão for a cozinha, aumente a potência necessária em 4000 BTU;
  • lembre-se de que os aparelhos elétricos na divisão podem gerar calor.

 

 
Para divisões entre 18 e 20 m2, um aparelho de ar condicionado com uma capacidade de 9000 BTU/h (2,5 kW) deverá ser suficiente. Aparelhos de ar condicionado com uma capacidade entre 12000 e 13500 BTU/h (3,5 kW a 4 kW) são indicados para divisões com áreas entre 20 e 35m2.

Por exemplo, para uma sala entre 20 e 35 metros quadrados, a potência deve ser entre 9000 e 13500 BTU. Para uma sala de cerca de 50 metros quadrados, que recebe muita luz solar e tem várias janelas, precisaríamos de um aparelho de ar condicionado mais próximo de 19000 BTU. Já para salas de 70 metros quadrados ou mais, além de instalar um aparelho com a potência necessária (para salas deste tamanho, são vendidos aparelhos de cerca de 24000 BTU), é recomendável instalar mais do que uma unidade ou distribuir o ar através de condutas em diferentes pontos da sala, melhorando assim o fluxo de ar. De igual forma, deverá também ter em atenção a capacidade do equipamento para aquecimento. Contudo, lembramos que estes valores são apenas indicativos, uma vez que podem existir outros fatores que condicionem esta capacidade. O ideal é que recorra a um técnico especializado para avaliar as suas divisões e indicar qual a melhor solução para as suas necessidades. Para encontrar uma empresa certificada, visite o DECO PROTESTE SELECT.

CONHEÇA O DECO PROTESTE SELECT

Como escolher o aparelho de ar condicionado?

Uma vez identificada a potência ideal, a nossa recomendação é que analise a classe de eficiência energética, um indicador do consumo de energia do aparelho. A eficiência energética de um aparelho de ar condicionado para arrefecimento é medida pelo seu rácio de eficiência energética (EER), que expressa a relação entre a energia produzida e a energia consumida para arrefecer os espaços. Já no caso do aquecimento, a eficiência é expressa pelo coeficiente de desempenho (COP), o qual traduz a relação entre a energia produzida e o consumo de energia para, neste caso, aquecer a divisão. Os aparelhos de ar condicionado com EER/COP mais elevados são os mais eficientes, o que se traduz em maiores classes de eficiência energética.

Lembre-se, ainda, de que um aparelho com uma potência insuficiente irá consumir mais energia para climatizar o ambiente, uma vez que trabalhará durante mais tempo na potência máxima para atingir a temperatura desejada, o que também podem encurtar a vida útil do aparelho.

Junte-se à maior organização de consumidores portuguesa

A independência da DECO PROTESTE é garantida pela sustentabilidade económica da sua atividade. Manter esta estrutura profissional a funcionar para levar até si um serviço de qualidade exige uma vasta equipa especializada.

Registe-se para conhecer todas as vantagens, sem compromisso. Subscreva a qualquer momento.

Junte-se a nós

 

O conteúdo deste artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais com o consentimento expresso da DECO PROTESTE, com indicação da fonte e ligação para esta página. Ver Termos e Condições.