Primeiras impressões

Novos Certificados do Tesouro Poupança Mais

15 outubro 2013 Arquivado

15 outubro 2013 Arquivado

No Dia Mundial da Poupança terá à disposição um novo produto de dívida pública, os Certificados do Tesouro Poupança Mais, pelo prazo máximo de cinco anos.

Os Certificados do Tesouro Poupança Mais são um produto interessante para investir por mais de dois e até cinco anos, para quem não pretende correr riscos. Poderão ser subscritos a partir do dia 31 de outubro, provavelmente nos Correios, como os outros Certificados. O valor nominal é de 1 euro e o mínimo de subscrição são 1000 unidades, ou seja 1000 euros. O prazo máximo é de 5 anos e paga juros anuais a taxa crescente.

No primeiro ano o montante aplicado não pode resgatado. Após o primeiro ano, poderão ser feitos resgates a qualquer momento, acarretando a perda total de juros decorridos desde o último vencimento até à data de resgate. Se mantiver a aplicação até ao fim, obtém um rendimento anual líquido de 3% (não considerando o prémio indexado ao PIB no terceiro e quarto ano). Ou seja, rende mais do que se aplicasse durante cinco anos em Certificados de Aforro (1,9% líquidos, supondo que a taxa base atual se mantém) e menos do que uma Obrigação do Tesouro (4,2%, a OT Junho 2018, desde que adquirida à cotação atual e mantida até ao vencimento).

Consulte a análise completa no portal PROTESTE INVESTE.