Notícias

Recomendações à medida: máximo rendimento com o mínimo risco

09 abril 2015 Arquivado
proteste investe

09 abril 2015 Arquivado

Ter uma carteira que renda 3 000 euros mensais líquidos é a ambição da família que contactou a PROTESTE INVESTE.

O casal que pediu esta recomendação à nossa equipa financeira tem 52 e 55 anos e dois filhos. Há 12 anos que o pai é sócio gerente e proprietário em 50% de uma loja de máquinas e materiais de construção e investe em grande medida o dinheiro que herdou. O rendimento mensal por conta de outrem nesta família é de 750 euros líquidos, mas os ativos financeiros atingem 1 462 000 euros.

O pai orienta o destino a dar ao património de família e identifica-se como conservador. A sua ideia, ao ter pedido a nossa recomendação, é maximizar o rendimento - com risco mínimo. Coloca de lado a hipótese de investir em ações, apesar de não esconder a sua curiosidade por este tipo de operações. Em geral pretende fazer aplicações de longo prazo, num horizonte de 10 anos e não tem necessidade de receber rendimentos periódicos. Mas gostaria que a sua carteira, depois das nossas orientações, gerasse o equivalente a 3 000 euros mensais líquidos.

Hoje, o seu pé-de-meia está nos Certificados do Tesouro Poupança Mais (CTPM) onde coloca 11,5% do seu património. Neste ponto, a recomendação da PROTESTE INVESTE é para manter, de preferência pelo prazo máximo. Também o plano mutualista do Montepio (Capital Certo 2014-2019, 6ª série) é para manter, pois é desvantajoso resgatar antes do vencimento.

Quanto ao produto financeiro complexo sob a forma de seguro unit linked (Fundo Autónomo Global Invest Perfil conservador), deve vender. Com esse montante poderá reforçar os CTPM ou constituir um dos melhores depósitos do mercado de modo a manter algum capital em liquidez e baixo risco. Atualmente, é no Banco Invest que encontra a melhor remuneração a 12 meses.

Consulte a análise completa no portal PROTESTE INVESTE.


Imprimir Enviar por e-mail