Notícias

Proteste Investe chega ao número 1000

02 agosto 2017 Arquivado
PROTESTE INVESTE

02 agosto 2017 Arquivado
A revista financeira da DECO PROTESTE chegou às 1000 edições: são 22 anos de conselhos sobre investimentos isentos, rigorosos e independentes.
A PROTESTE INVESTE, a revista financeira da DECO PROTESTE, chegou ao número 1000. Há 22 anos que esta publicação cuida do dinheiro dos seus associados, oferecendo análises rigorosas a investimentos e conselhos financeiros isentos.

Desde a primeira edição, em 1995, que soma conquistas na defesa dos direitos dos consumidores na área financeira. Graças à ação da PROTESTE INVESTE acabaram-se os abusos nas comissões dos PPR e, por exemplo, foi criada a ficha de informação normalizada que permite comparar a informação entre vários depósitos.

Estes anos foram também marcados por acontecimentos históricos, como a entrada no euro e a ascensão e queda das empresas Dotcom. Uns anos depois da bolha da internet, rebentou o crédito subprime nos Estados Unidos e, num efeito dominó, sucederam-se as falências.

A economia global esteve por um fio e a recessão foi a pior desde a Grande Depressão de 1929. Para Portugal, o pior ainda estava para vir. Em 2011, a crise da dívida soberana da zona euro forçou um pedido de resgate financeiro e lançou o país numa crise sem precedentes. Caíram o BES e a PT e a taxa de desemprego atingiu quase 18 por cento.

Nesta edição 1000, a PROTESTE INVESTE mantém-se fiel ao seu ADN: promove e defende os direitos dos pequenos investidores, guiando-os no mundo dos investimentos. Pode encontrar nesta edição uma análise à moeda virtual do momento, a bitcoin, e ao mercado imobiliário, uma forma de investimento mais tradicional.

Consulte, de forma gratuita, a edição 1000 da PROTESTE INVESTE.
 

Imprimir Enviar por e-mail