Notícias

Dia Internacional da Mulher: contas de poupança no feminino desiludem

06 março 2015 Arquivado

06 março 2015 Arquivado

Com o Dia Internacional da Mulher à porta, a PROTESTE INVESTE foi à procura de contas onde só entram as senhoras. Mas não espere milagres: a oferta é reduzida e o rendimento também.

A propósito do Dia Internacional da Mulher, a 8 de março, a PROTESTE INVESTE foi à procura das ofertas de poupança exclusivas para senhoras. Encontrámos algumas, mas poucas. Além disso, o rendimento desilude mais do que cativa. Na realidade, são estratégias de marketing que não se traduzem em mais valias para o consumidor.

À semelhança das contas para crianças ou para residentes no exterior, as destinadas às mulheres pretendem captar a atenção do público feminino para certos produtos e serviços. Em muitos casos, os produtos de poupança associados não são bem exclusivos, já que estão disponíveis para qualquer cliente. Além disso, o interesse das ofertas é muito baixo quando comparado com outras alternativas à disposição no mercado.

A PROTESTE INVESTE encontrou 4 bancos com oferta para o público feminino: a Caixa Geral de Depósitos, o Crédito Agrícola, o Millennium bcp e o Banco Carregosa. Nas duas primeiras instituições, o produto está desenhado para diferentes prazos (3, 6 e 12 meses). No Crédito Agrícola está ainda previsto um prazo de 24 meses. Já no Millennium bcp as senhoras são encaminhadas para o Centro de Poupanças, igual para todos os clientes. No Banco Carregosa tem um prazo de 6 meses e só está disponível até 13 de março de 2015.

Depois de analisarmos o detalhe de cada produto, concluímos que não vale a pena esperar por rendimentos especiais pelo facto de ser mulher. Estes pacotes cor-de-rosa são pouco interessantes. Há no mercado ofertas bem mais rentáveis, vindas da banca e decorrentes da subscrição de produtos de investimento em dívida pública. Confirme por si, depois de se informar e conhecer em detalhe a oferta “só para elas”.

Consulte a análise completa no portal PROTESTE INVESTE.


Imprimir Enviar por e-mail