Notícias

$name

No segundo semestre de 2011, as taxas de juro dos depósitos estavam elevadas, porque os bancos precisavam de liquidez. Preocupado com a estabilidade das instituições financeiras, o Banco de Portugal emitiu instruções para reduzir as taxas de juro dos depósitos. Esta medida teve efeito imediato nos superdepósitos, com taxas muito superiores à média porque se destinam a captar novos clientes ou novos capitais: agora a melhor taxa dos superdepósitos é de 5% a 3 meses.

Atualmente, a Euribor também está nos valores mais baixos de sempre: 0,1% a um mês, 0,2% a três meses, 0,4% a seis meses e 0,65% a 12 meses. E, segundo uma proposta de Orçamento do Estado para 2013, os rendimentos sujeitos a taxas liberatórias, como os juros de depósitos, passarão a ser tributados a uma taxa de 28 por cento.

Consulte a análise completa no portal da PROTESTE INVESTE.