Notícias

IMI: cinco erros do Fisco que estão a desesperar os portugueses

05 novembro 2013 Arquivado

05 novembro 2013 Arquivado

Quando o Estado se engana e os contribuintes recebem um aviso de pagamento surpresa, de nada serve reclamar. Mesmo em contexto de crise, resta-lhe pagar.

Erro n.º 4 – falta de clareza

Não bastassem já os erros técnicos anteriores, as notas de liquidação adicionais não esclarecem minimamente o contribuinte médio. Assim se explicam as dezenas de pedidos de ajuda que recebemos em outubro. É necessária informação simples, direta e percetível. Os contribuintes têm o direito de saber o que estão a pagar e porque o estão a pagar.