Notícias

Comece a dizer adeus à sobretaxa de IRS

14 dezembro 2016 Arquivado
Comece a dizer adeus à sobretaxa de IRS

14 dezembro 2016 Arquivado
O fim do imposto extraordinário do IRS será feito de forma gradual, conforme os rendimentos de 2016. No final deste mês, a sobretaxa deixa de ser cobrada a quem recebe até € 20 261 anuais.

Foi anunciado o fim da sobretaxa de IRS, uma medida criada em 2011 como temporária pelo Governo. Trabalhadores por conta de outrem e reformados vão receber mais ao final do mês. 

O processo será feito segundo 3 fases, conforme o valor dos rendimentos de 2016 sujeitos a imposto - por agregado familiar ou por contribuinte, mediante a forma como entrega a declaração. Se os rendimentos não são muito diferentes dos de 2015, consulte a nota de liquidação que as Finanças lhe enviaram este verão para saber o último mês em que pagará a sobretaxa:

  • até € 20 261 - dezembro de 2016;
  • de € 20 261,01 a € 40 522 - junho de 2017;
  • mais de € 40 522 - novembro de 2017.

Por exemplo, um contribuinte solteiro sem filhos com um rendimento sujeito a imposto de € 25 mil vai receber mais € 15 por mês. Isto acontecerá em julho, pois o último mês em que lhe será retida a sobretaxa será em junho. 

Quando entregar a declaração de IRS em 2018, será feito um acerto de contas. Se a retenção feita em 2017 não for suficiente, poderá ter de pagar ainda a sobretaxa. Caso tenha retido imposto a mais em função das deduções apresentadas, o contribuinte poderá ser reembolsado. Quanto mais elevado for o rendimento sujeito a imposto, maior será a percentagem final da sobretaxa: 

  • € 20 261 a 40 522 euros - 1,75%;
  • € 40 522,01 a € 80 640 euros - 3%;
  • mais de 80 640 euros - 3,5 por cento.

 


Imprimir Enviar por e-mail