Notícias

Ainda pode poupar no IMI: saiba qual é o imposto justo

O valor de construção das casas aumentou a 1 de janeiro, mas ainda pode estar a pagar IMI a mais. Use o nosso simulador e calcule o imposto justo para a sua casa.

  • Dossiê técnico
  • Ernesto Pinto
  • Texto
  • Ana Santos Gomes
17 abril 2019
  • Dossiê técnico
  • Ernesto Pinto
  • Texto
  • Ana Santos Gomes
casa com sombra a mostrar os metros quadrados, em representação do IMI

Só desde 1 de janeiro, as simulações realizadas na página Pague menos IMI apuraram uma poupança média de 75 euros. Há proprietários de imóveis que continuam a pagar IMI a mais e só uma simulação personalizada pode confirmar se vale a pena pedir às Finanças a atualização dos dados do imóvel para efeitos de cálculo do imposto. 

Simule se pode poupar no IMI

Apesar de o Estado ter subido, a 1 de janeiro, o valor de construção dos imóveis, de 603 para 615 euros por metro quadrado, alguns imóveis continuam a pagar imposto a mais, porque as Finanças não atualizam automaticamente a idade das casas, nem o seu coeficiente de localização, que muda a cada três anos. Todos estes fatores influenciam o cálculo do IMI, mas o Estado limita-se a aumentar o valor das casas de acordo com a inflação.

Por regra, só quando os imóveis mudam de proprietário (por aquisição ou por herança), é que as Finanças atualizam todos os coeficientes. Até lá, só o fazem se o proprietário o pedir.

Receba um alerta para poupar mais tarde

Enquanto alguns contribuintes podem poupar já no IMI do próximo ano, outros poderão ter de esperar um pouco mais, caso a última revisão dos dados do imóvel tenha sido feita pelas Finanças há menos de três anos. O nosso simulador dá a resposta personalizada e disponibiliza um sistema de alerta, que avisa o contribuinte de que já está na altura de repetir a simulação e, porventura, começar a poupar no IMI.

Pedido de atualização é gratuito

Caso o simulador confirme que há poupança, peça nas Finanças a atualização dos dados do imóvel para efeitos de IMI. Pode preencher o modelo 1 do IMI e submetê-lo no Portal das Finanças ou apresentar o pedido pessoalmente no serviço de Finanças. Recomendamos que opte pela apresentação pessoal do pedido, já que alguns dados requeridos não são do seu conhecimento e será mais fácil obtê-los na própria repartição.

O pedido é gratuito e deverá ser apresentado antes de 31 de dezembro, para reduzir o imposto a pagar no ano seguinte. A resposta é enviada, por escrito, para o domicílio fiscal do proprietário.

 

Este artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais se for indicada a fonte e contiver uma ligação para esta página. Ver Termos e Condições.