Notícias

Videoconferência permite abrir conta bancária à distância

A apresentação dos tradicionais documentos mantém-se e a identidade do cliente é comprovada através de videoconferência. Explicamos como funciona.

06 setembro 2017
Abrir conta sem sair de casa

Thinkstock

Abrir conta sem perder tempo no balcão e assinar dezenas de folhas já é possível. Qualquer pessoa com um computador, tablet ou smartphone, câmara de filmar (pode ser a do aparelho) e ligação à net pode fazê-lo, desde que o banco disponibilize esse serviço.

Se procura uma nova conta à ordem, procure a solução adequada para si no nosso simulador.

Poupar na conta à ordem

Para comprovar a identidade, é preciso realizar uma videoconferência com o banco em tempo real, sem pausas, com indicação da data e hora. O consentimento claro de que o cliente aceita a videoconferência é indispensável.

Durante a videoconferência, é preciso apresentar o cartão do cidadão (ou o B.I. e o cartão de contribuinte) e um comprovativo de morada (por exemplo, conta da luz ou extrato bancário). O banco pode ainda pedir um comprovativo da situação profissional, como recibos de vencimento, declaração da entidade patronal ou inscrição no centro de emprego (se estiver desempregado).

Depois de formalizado o pedido por videoconferência, recebe uma palavra-passe, que deverá usar para confirmar os dados facultados, seguindo as instruções do funcionário do banco.


Imprimir Enviar por e-mail