Notícias

Saída do Barclays: melhores alternativas para os produtos e consequências

16 outubro 2015

16 outubro 2015

O Barclays Bank vai vender o seu negócio na banca de retalho em Portugal ao Bankinter. Se é cliente do Barclays e não está satisfeito com os produtos e serviços oferecidos, recorra às nossas ferramentas para comparar com os melhores produtos do mercado. Saiba também quais as consequências da saída do banco. 

Início

Recorra às nossas ferramentas para comparar os melhores produtos do mercado.

Contas à ordem
As contas à ordem estão sujeitas a maiores alterações ao nível de preçário. De qualquer forma, atualmente as contas à ordem do Barclays já não são as melhores opções que podem ser encontradas no mercado. Assim, se a sua opção passar por mudar de instituição bancária, consulte o nosso simulador para conhecer qual a melhor alternativa. Pelo encerramento de uma conta à ordem, as instituições bancárias não podem cobrar quaisquer encargos podendo, contudo, exigir um pré-aviso de até 1 mês. 

Crédito
Os créditos contratados (habitação, pessoal, automóvel, etc) manterão as condições que tiverem sido acordadas. Provavelmente existirá apenas uma operação de titularização dos mesmos, ou seja, o consumidor passa a ser devedor de uma outra entidade. Ainda assim, tal como acontece atualmente, poderá sempre procurar melhores condições no mercado. Consulte os nossos simuladores:

Não se esqueça, contudo, que existem custos que poderão estar associados ao cancelamento dos contratos em curso. No crédito à habitação, a penalização bancária não poderá exceder 0,5% do capital a liquidar (2% se o crédito for de taxa fixa). Nos créditos ao consumo, se forem de taxa variável não estão sujeitos a penalização. Já se o crédito for de taxa fixa, essa penalização está limitada a 0,5% do capital liquidado (0,25% se a liquidação ocorrer no último ano do contrato).

Cartões de Crédito
É preciso separar a gama de cartões Barclaycard, que permanecerá autónoma, dos cartões Barclays Bank, vendidos aos balcões do Barclays e que passarão também para o Bankinter.

As anuidades e o valor da taxa de juro podem ser modificados por alteração do preçário mas, ainda assim, saiba que atualmente os cartões de crédito Barclays apenas se apresentam como boas opções para uma utilização em que o extrato é sempre pago na totalidade. Se existir uma utilização do crédito revolving (quando não paga o extrato a 100%), estes cartões não são uma boa opção. Se costuma usar o crédito do cartão, não deixe de consultar o nosso simulador para conhecer quais as melhores alternativas. O cancelamento de um cartão (para esta finalidade) não está sujeito a encargos, mas se já foi paga uma anuidade correspondente ao período em curso, ela não lhe será restituída.

Depósitos a prazo
Os depósitos em curso manter-se-ão nas condições acordadas, pelo que se tem um depósito a decorrer, poderá manter até ao vencimento. Mas a oferta atual de taxas de depósitos a prazo no Barclays é pouco interessante: não superam 0,14% (taxa anual nominal líquida). No momento de voltar a aplicar as suas poupanças, use o comparador de depósitos da PROTESTE INVESTE para maximizar o seu rendimento.

Fundos de Investimento & Fundos PPR
Se subscreveu fundos de investimento no Barclays Bank, saiba que a gestão continuará a ser feita pela Barclays Wealth (UK). Quanto aos fundos PPR, a respetiva gestora, a Barclays Wealth Managers Portugal, passará para o Bankinter. Em qualquer dos casos, poderá simplesmente deixar a sua carteira de fundos ou PPR transitar para o Bankinter. Mas valerá a pena manter estes produtos? Estes fundos do Barclays não são por nós recomendados. Utilize o comparador da PROTESTE INVESTE para verificar quais as nossas recomendações. No caso dos fundos PPR (sem garantia de capital), a transferência é isenta de custos. Veja os conselhos da nossa equipa financeira.

Carteira de títulos
Se costuma investir na bolsa através dos serviços de corretagem do Barclays Bank, poderá deixar a sua carteira transitar para o Bankinter, o que não terá custos, ou optar pela transferência para outro intermediário financeiro. O Barclays Bank cobra atualmente uma comissão trimestral de guarda de títulos de 10,46 euros (incluindo imposto). Em caso de transferência da carteira de títulos, os custos são pesados para carteiras com muitos títulos diferentes: uma comissão de 0,20%, com mínimo de 25 euros (acresce IVA), por cada ação de uma empresa diferente.
Vale a pena, ainda assim, transferir? Utilize o simulador da PROTESTE INVESTE para verificar qual a poupança anual possível, tendo em conta o seu padrão de negociação em bolsa, e compare os custos.

Seguros PPR
Atualmente, o Barclays disponibiliza para subscrição o PPR Rendimento Garantido (série 3), cujo desempenho no último ano foi mediano. Os seguros PPR vão transitar para a Bankinter Seguros de Vida, mas pode ser uma ocasião para comparar o seu PPR com os melhores do mercado – se a diferença for muito grande, considere a possibilidade de transferir. A transferência de PPR com capital garantido tem uma comissão máxima de 0,5%, e não tem impacto em termos fiscais.

Imprimir Enviar por e-mail