Notícias

Contas para emigrantes não convencem

29 julho 2014 Arquivado
Contas para emigrantes

29 julho 2014 Arquivado

As soluções desenhadas para residentes no estrangeiro não convencem. Se quer que o seu dinheiro fique em Portugal, os Certificados são um destino mais interessante.

São cada vez mais os bancos que promovem as contas para emigrantes ou para residentes no exterior. Basta passar por algumas agências bancárias ou pelos portais na Internet dos principais bancos para perceber o forte interesse da banca em captar os rendimentos obtidos no estrangeiro. Algumas instituições financeiras criaram inclusivamente serviços exclusivos para que os clientes no exterior canalizem as poupanças para Portugal.

O grande interesse da banca não se reflete, porém, em rendimentos superiores para os emigrantes. Depois de pesquisarem junto das 22 instituições bancárias a operar no mercado nacional, os analistas da PROTESTES INVESTE avaliaram as propostas dos bancos. Conclusão: as soluções são muito pouco interessantes.

As taxas anuais líquidas dos depósitos para residentes no estrangeiro giram entre 0,5% e 1,7% para prazos de cerca de 12 meses. Além de ser fácil descobrir depósitos mais generosos dos que os desenhados exclusivamente para os emigrantes e para os residentes no estrangeiro, as poupanças também podem ser dirigidas para outras aplicações de capital garantido, como os Certificados de Aforro ou os Certificados do Tesouro Poupança Mais. Consulte as contas analisadas no portal PROTESTE INVESTE.

Imprimir Enviar por e-mail