Notícias

Consumidores avaliam os bancos: conflitos ao rubro

26 agosto 2014 Arquivado

Arquivado

Barclays, BBVA, CGD, Santander Totta, Banif e Millennium bcp são os bancos que mais falham perante os clientes, de acordo com o nosso inquérito. Conheça as estratégias para ultrapassar os problemas.

Comissões indevidas ou erradas nas contas à ordem

Resultados do nosso inquérito
Um terço dos inquiridos alega ter vivido más experiências com a sua conta à ordem nos últimos 12 meses. O Barclays é a instituição que suscita mais queixas: cerca de um em cada dois clientes que participaram no estudo reportou um problema. Também com um volume de conflitos elevado encontram-se o Santander Totta (45%), o BBVA (39%) e o Millennium bcp (38 por cento). O principal motivo prende-se, em todos os casos, com custos indevidamente cobrados. Pelo contrário, os bancos que mais agradaram são os que operam online e não exigem despesas de manutenção. É o caso do ActivoBank.

Solução
A aplicação de comissões de manutenção é altamente duvidosa, pois o dinheiro confiado aos bancos está longe de ser um fardo. Pelo contrário, serve para estes investirem em seu benefício. Ao suportar este encargo, o cliente está a pagar para emprestar dinheiro. Há um ano, lançámos uma campanha contra tal prática, a que aderiram 90 mil portugueses.

Em março, o Banco de Portugal emitiu uma recomendação, que deu razão a algumas das nossas reivindicações. Por um lado, reconheceu que a cobrança de uma comissão deve estar associada à efetiva prestação de um serviço e, por outro, considerou desadequada a aplicação de custos em função do saldo médio, pois os consumidores que menos têm são quem mais paga. Ao optar por uma recomendação, sem caráter obrigatório, o banco central ficou aquém do desejável. Apesar disto, e em resultado da petição que lançámos, o tema foi levado ao Parlamento e estão a ser estudadas várias propostas de lei. Se quiser ficar a salvo de custos de manutenção até à nova legislação entrar em vigor, opte por um banco que opere online. As contas com ordenado domiciliado também costumam estar isentas destes encargos.