Notícias

Rendas aumentam 1,15% em 2019

As rendas vão aumentar 1,15% no próximo ano. Se não tiver sido acordado entre as partes outra forma de atualização, este valor será aplicado nos contratos celebrados depois de 1990. Para contratos anteriores a 1990, existem outras regras.

  • Dossiê técnico
  • Filipe Campos
  • Texto
  • Manuel Ribeiro e Filipa Nunes
01 outubro 2018
  • Dossiê técnico
  • Filipe Campos
  • Texto
  • Manuel Ribeiro e Filipa Nunes
thumb_aumento rendas 2019

iStock

Divulgado pelo INE (Instituto Nacional de Estatística) no início de setembro, o coeficiente de atualização anual das rendas deverá aumentar 1,15 por cento. Este valor ainda está longe da atualização de cerca de 3% verificada em 2012 e 2013. Mas para quem é senhorio é uma boa notícia tendo em conta os últimos três anos.

A opção de aumento da renda parte do senhorio que deve comunicar ao inquilino o novo valor após a publicação do aviso em Diário da República. Esta comunicação deve ser feita com 30 dias de antecedência ao pagamento da nova renda.

O aviso deve ser feito através de uma minuta própria para o efeito. Temos um exemplo de minuta para ajudar.

A carta deverá ser registada com aviso de receção ou entregue em mão, contra a assinatura do inquilino. Além da referência ao valor atual da renda, a carta deverá ainda indicar o montante que resulta da aplicação do coeficiente e a data a partir da qual produzirá efeito.

Se o contrato de arrendamento for anterior a 1990, o inquilino pode aceitar a proposta, fazer uma contraproposta, terminar contrato ou beneficiar das exceções previstas na lei. 

Para saber que valor de renda pode vir a pagar, multiplique o montante atual por 1,0115%. Por exemplo: a uma renda de € 500 somam-se €  5,75, passando a totalizar 505,75 euros. 

Se for necessário o arredondamento do valor, este deve ser feito à unidade de cêntimo imediatamente superior. Assim, se o cálculo da renda der € 502,733, a renda é arredondada para 502,74 euros. Já se o resultado for € 99,001, a renda final será 99,01 euros.

Quer já seja senhorio ou pretenda vir a ser, aceda ao nosso simulador e calcule o impacto do aumento da renda na sua rentabilidade.

 

 

Este artigo pode ser reproduzido para fins não-comerciais se for indicada a fonte e contiver uma ligação para esta página. Ver Termos e Condições.